Preço da cesta básica de Araraquara tem queda em junho

Depois de quatro meses consecutivos de aumento, o valor médio da cesta básica araraquarense voltou a cair no mês de junho. Segundo o levantamento do Núcleo de Economia do Sincomercio Araraquara, a queda foi de -0,4% em relação ao mês anterior. Porém, avaliando o primeiro semestre de 2020, de janeiro para junho o preço médio cresceu 3,7%, passando de R$ 608,64 para R$ 641,99.

A queda do valor médio da cesta básica em junho teve grande influência dos produtos de limpeza doméstica, com redução de -4,5%, e higiene pessoal, que recuou -2,9%. Por outro lado, a categoria de alimentos terminou junho mais cara, com uma elevação de 0,4%.

Entre os 31 itens que compõem a cesta básica de Araraquara, 14 tiveram aumento nos preços (45%) e 17 ficaram mais baratos (55%). Nos alimentos, as baixas afetaram 41% dos produtos analisados, enquanto no segmento de limpeza doméstica as quedas atingiram 75% dos artigos. Já na higiene pessoal, todos os produtos tiveram redução nos preços. 

Evolução mensal no preço médio da cesta básica em Araraquara – 2020

Fonte/Elaboração: Sincomercio Araraquara

Os maiores aumento foram, particularmente, no setor de alimentos, em que o queijo muçarela elevou 7,7%, o alho 6,8% e o arroz 4,6%. Por sua vez, o segmento também teve preços que caíram, sendo que o custo da salsicha avulsa reduziu em -8,6%, da batata -7,3% e da cebola -6,4% foram os de maiores quedas. 

Entre os itens de limpeza doméstica, a água sanitária reduziu -7,5%, o sabão em pó -5,2% e o detergente líquido -2,5%. Além disso, na higiene pessoal, os produtos que mais tiveram redução foram absorvente (-5,1%), papel higiênico (-4,5%) e o sabonete em barra (-3,5%). 

Variação mensal dos itens componentes da cesta básica em Araraquara – junho/maio 2020

Fonte/Elaboração: Sincomercio Araraquara

O Sincomercio Araraquara esclareceu que “a queda observada na inflação dos alimentos em Araraquara durante o mês de junho vai na contramão dos resultados esperados em âmbito nacional. A projeção de inflação para o período, medido pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), ficou em 1,6%, segundo o Boletim Focus, divulgado pelo Banco Central do Brasil na última semana de maio”. 

Ainda de acordo com o Sincomercio Araraquara, em comparação, os resultados de Araraquara são relativamente melhores que a cidade de São Paulo. “A média de crescimento mensal da cesta básica paulistana, entre janeiro e maio de 2020, foi de 1,9%. No mesmo período, o valor mensal da cesta araraquarense aumentou, em média, 0,8%”, explicou. 

Nota do Sincomercio Araraquara sobre a metodologia da pesquisa

A Pesquisa da Cesta Básica é uma parceria do Sincomercio Araraquara e do Núcleo de extensão em Conjuntura e Estudos Econômicos, do Departamento de Economia da UNESP/FCLAR. É realizada semanalmente em nove supermercados de Araraquara, analisando as variações de preços de 31 produtos de Alimentação, Higiene Pessoal e Limpeza Doméstica.

Excepcionalmente durante o mês de junho a pesquisa da cesta básica abrangeu oito supermercados da cidade. A inclusão de um novo supermercado que a mantenha a representatividade da pesquisa está sendo estudada pelo Núcleo de Economia.

A Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, publicada pelo DIEESE, pode ser acessada na página do Departamento – http://www.dieese.org.br

rianfernandes12

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Next Post

Araraquara confirma a 14ª morte por coronavírus

Sáb Jul 4 , 2020
Araraquara confirmou uma nova morte por coronavírus neste sábado (4), conforme o comunicado feito por meio do boletim diário do Comitê de Contingência do Coronavírus, apresentado pela secretária de Saúde, Eliana Honain. Trata-se de um homem de 65 anos com comorbidades que já estava internado há 15 dias. Também neste […]
%d bloggers like this: