Novas regras ampliam horário do comércio, mas regras são mais rigorosas

Digiqole ad

Por Rian Fernandes

Com o avanço de Araraquara para a fase amarela do Plano São Paulo, as novas regras da quarentena, prorrogada até 19 de agosto, começam a valer nesta quarta-feira (5). A publicação do novo decreto amplia o horário de funcionamento diário do comércio e setor de serviços para seis horas, sendo das 10h às 16h, mas também estabelece protocolos mais rigorosos para os estabelecimentos da cidade. 

Como funcionam os estabelecimentos

O decreto determina que os estabelecimentos façam a limpeza constante, inclusive antes e depois das atividades diárias, e até mesmo realizem a aferição da temperatura para clientes, impedindo a entrada de quem estiver com mais de 37 graus. Além disso, tapetes de sanitização de calçados devem ser disponibilizados na entrada e saída dos locais. Shopping centers, segundo o novo documento, podem funcionar de maneira presencial por seis horas diários, entre 11h e 21h. 

Salões de beleza e academias podem funcionar, mas também com algumas restrições. Além do uso de máscara obrigatório por clientes e alunos, a limpeza e desinfecção deve ser constante, tanto no espaço quanto em equipamentos, no mínimo, a cada três horas.

Vale lembrar ainda que é permitido apenas um cliente por sala ou um consumidor em cada quatro metros quadrados da barbearia ou salão de beleza, com um espaço de dois metros entre cada. Nas academias, o espaço é de um aluno a cada quatro metros, com uma distância também de quatro metros entre cada. Além disso, é vedado o atendimento de consumidores e alunos que sejam integrantes do grupo de risco.

Nos bares e restaurantes, o atendimento presencial continua limitado a 2/5 da capacidade por seis horas diárias. Seguem permitidos apenas dois clientes por mesa e o local precisa ter um cadastro dos consumidores atendidos, com nome, endereço, telefone e a temperatura aferida. O funcionamento de segunda a sábado pode ser até 23h e aos domingos, até as 16h. 

O self-service ainda está proibido, diferentemente do buffet, permitido desde que apenas um funcionário sirva os pratos usando todos os equipamentos de proteção. A colocação de mesas e cadeiras nas calçadas e ambientes externos também está impedida. 

Araraquara pode voltar para a fase laranja

Com o aumento de casos e a recente preocupação das autoridades de saúde com a situação do coronavírus em Araraquara, a cidade pode retroceder para a fase laranja e voltar a ter maior restrição nas atividades econômicas. Caso o governo estadual não faça, o próprio município já estuda a possibilidade, pelo menos foi o que afirmou a secretária de Saúde, Eliana Honain, com exclusividade ao Araraquara Agora.

“A gente já fez uma abertura em fase de coisas que não eram permitidas. A gente fez isso pensando no econômico e na situação de Araraquara. (…) Infelizmente a pandemia é assim, vai dois passos para frente, volta para trás, porque é um vírus que mata. Nossa missão é salvar vidas”, explicou. 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *