Edinho é empossado prefeito para o quarto mandato

Digiqole ad

Sem presença de público, em cumprimento ao Decreto Estadual nº 65.415 e em respeito às vítimas da Covid-19 e às famílias que perderam seus entes para a doença, o prefeito Edinho Silva (PT), o vice-prefeito Damiano Neto (PP) e os 18 vereadores eleitos tomaram posse na manhã desta sexta-feira, 1° de janeiro, no Plenário da Câmara Municipal de Araraquara.

A Sessão Solene de Posse dos eleitos e a instalação da 18ª Legislatura, para o mandato 2021 a 2024, foi presidida pela vereadora Thainara Faria (PT), a vereadora mais votada nas eleições de 15 de novembro de 2020, em obediência à Lei Orgânica do Município de Araraquara, tendo ela convidado para secretariar os trabalhos a vereadora eleita Filipa Bruneli (PT).

Essa é a primeira vez na história política local que um prefeito é eleito e toma posse para um quarto mandato. Edinho, eleito para mandatos de 2001 a 2004, 2005 a 2008, 2017 a 2020 e, agora, de 2021 a 2024, supera a marca de Waldemar De Santi, falecido em 2014, que governou a cidade por três mandatos – 1977 a 1983, 1989 a 1992 e 1997 a 2000.

Nas eleições municipais de 15 de novembro, Edinho e Damiano receberam 48.405 votos, o correspondente a 46,09% de todos os votos válidos.

Em seu discurso, o prefeito Edinho destacou a importância histórica da sua 4ª posse e da composição da 18ª Legislatura, cuja sessão, segundo ele, foi presidida pela primeira vez na história de Araraquara por uma mulher negra, a vereadora Thainara Faria, tendo como secretária a primeira travesti eleita vereadora, Filipa Bruneli.

Edinho saudou os vereadores eleitos, os servidores da Câmara e da Prefeitura que trabalharam na transmissão ao vivo da sessão e seus familiares. Destacou também que está completando 28 anos de vida pública na cidade de Araraquara, com lisura e honestidade, e que terminará esse mandato superando 30 anos de vida pública.

“Ter um mandado é entender que nosso patrão é o povo e pela quarta vez a população de Araraquara me deu a oportunidade de ser prefeito. Por isso, ao povo de Araraquara eu trabalharei e prestarei contas. A partir de agora, o processo eleitoral está encerrado e a prioridade é o interesse da nossa sociedade”, afirmou. “A política é a arte de aproximar o ideal daquilo que é real. E a capacidade de aglutinação não significa rendição, significa colocar o interesse da sociedade acima dos interesses político-partidários”, acrescentou.

O prefeito também mencionou o momento de pandemia que o mundo atravessa, vem uma análise das sérias crises social e econômica desencadeadas por ela e reafirmou que a vida precisa ser colocada sempre em primeiro plano.

Edinho prosseguiu: “O poder público terá que estar preparado para enfrentar o que virá. Leis terão que ser aprovadas, remanejamentos orçamentários e cortes terão que ser feitos, sempre priorizando a vida. Esse Executivo não vai se acovardar, nem fugir dos desafios e dos debates.

Vocês terão em mim um executivo com capacidade de diálogo e de aglutinação, de construção de ideias majoritárias transformadoras, não para satisfação dos nossos egos, vaidades e dos nossos pequenos espaços de poder, mas ideias majoritárias que coloquem em primeiro plano o ser humano e todas as formas de vida. Que coloquem em primeiro plano a construção de uma sociedade que radicalize na democracia. Uma democracia que atenda os mais vulneráveis, que dê acesso à comida, à educação e saúde de qualidade, à geração de trabalho e renda. Uma democracia em que, efetivamente, o poder esteja nas mãos da população”, concluiu o prefeito Edinho, que nasceu em 20 de junho de 1965, em Pontes Gestal, região de São José do Rio Preto. Ele é filho de Antonio Gomes da Silva, já falecido, e Maria José Piedade da Silva, que vieram trabalhar em Araraquara quando o filho tinha quatro anos de idade. Trabalhou como como office-boy e atuou em várias funções em empresas locais. Chegou a integrar as categorias de base da Ferroviária.

Formou-se em Ciências Sociais na Unesp de Araraquara. Ainda jovem, teve atuação de destaque na comunidade cristã e participou ativamente do movimento Teologia da Libertação. Obteve o título de Mestre em Engenharia de Produção na UFSCar (Universidade Federal de São Carlos). Foi nessa época que Edinho despertou seu interesse pela política e elegeu-se presidente do Diretório Municipal em 1989. Foi eleito vereador em 1992 e reeleito em 1996. Nas disputas para Prefeitura de Araraquara, venceu em 2000 e 2004. Em 2007 foi eleito Presidente do PT do estado de São Paulo, tendo sido reeleito para o mandato 2009-2013 com mais de 90% dos votos dos filiados.

Em 2010, se elegeu Deputado Estadual com 184.397 votos em mais de 500 municípios paulistas. Em 2011, exercendo o mandato parlamentar e também a função de presidente do PT Paulista, Edinho retornou à vida acadêmica se tornando Professor e Coordenador de Curso de Pós-Graduação da Universidade Nove de Julho. Em 2015 assumiu o Ministério da Comunicação Social da Presidência da República. Em 2016, foi eleito novamente prefeito de Araraquara, com a reeleição para o mandato 2021-2024.

Na sessão de posse, o vice-prefeito Damiano Barbiero Neto também se pronunciou, agradecendo a família e ao prefeito Edinho, pela confiança no seu trabalho e pela amizade desde o início de nossa caminhada, em 2016. Damiano foi vice de Edinho e secretário municipal do Trabalho e do Desenvolvimento Econômico no mandato anterior.

“Não governaremos apenas para quem votou na gente. Vamos continuar cuidando de toda a população de Araraquara. Trabalhar para atrair empresas, gerar empregos, investir na Saúde e na Educação, no meio ambiente, em todas as áreas, mas também olhar para quem mais precisa, para quem não tem o que dar para os filhos comerem no almoço ou no jantar. O momento difícil que nós estamos enfrentando, com uma pandemia que marcou nossas vidas, exige muita união. É hora de nos unirmos para que Araraquara saia dessa pandemia mais forte, com desenvolvimento econômico e justiça social”, declarou o vice-prefeito, que encerrou seu pronunciamento parabenizando também os 18 vereadores eleitos para a 18ª Legislatura da Câmara Municipal.

Damiano Barbiero Neto nasceu em 3 de outubro de 1959, em São Paulo, e é formado em Educação Artística na Universidade UnG, em Guarulhos. Tem 30 anos de experiência em gestão empresarial, além de uma lista extensa de trabalhos prestados a diversas entidades filantrópicas. Foi diretor da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), além de presidente da Feira da Bondade e governador assistente do Distrito 4540 pelo Grupo 7, atendendo os Rotary Club de Araraquara e Rincão. Além de vice-prefeito, também integrou o quadro de secretários municipais do atual mandato, chefiando a pasta do Trabalho e do Desenvolvimento Econômico.

Posse dos vereadores

A sessão de posse começou com a entrada dos vereadores eleitos em Plenário e com as formalidades previstas, entre elas a assinatura do termo de posse e a leitura do juramento, ambas também cumpridas mais tarde pelo prefeito Edinho e pelo vice-prefeito Damiano Neto. Pouco depois, os 18 eleitos fizeram um breve pronunciamento. Emocionados, eles mencionaram o apoio das famílias, agradeceram pelos votos que receberam e prometeram empenho nos quatro anos de mandato.

Foram empossados na Câmara, além de Thainara Faria e Filipa Bruneli, respectivamente, presidente e secretária da sessão de posse; os vereadores Gerson da Farmácia (MDB), Rafael de Angeli (PSDB), Carlão do Joia (Podemos), Emanoel Sponton (PP), Pastor Hugo (Republicanos), Luna Meyer (PDT), Aluísio Boi (MDB), João Clemente (PSDB), Guilherme Bianco (PCdoB), Edson Hel (Cidadania), Marchese da Rádio (Patriota), Paulo Landim (PT), Dr. Marcos Garrido (Patriota), Fabi Virgílio (PT), Lucas Grecco (PSL) e Lineu WL (Podemos).

Também cumprindo o Regimento Interno da Câmara Municipal de Araraquara, foi realizada, no final da sessão de posse, a eleição da Mesa Diretora para o biênio 2021/2022.

O vereador Aluísio Boi (MDB) foi eleito presidente da Mesa Diretora, tendo como vice-presidente a vereadora Thainara Faria (PT), além dos vereadores Rafael de Angeli (PSDB) e Lucas Grecco (PSL) como 1º e 2º secretários, respectivamente.

A Sessão Solene de Posse dos eleitos e a instalação da 18ª Legislatura, com a eleição da Mesa Diretora, foram transmitidas ao vivo pela TV Câmara e nas redes sociais da Prefeitura Municipal.


Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *