20/05/2021 às 13h28min - Atualizada em 20/05/2021 às 13h28min

Fotógrafa relata dificuldades para trabalhar após restrições da prefeitura

Norma teria proibido o trabalho em casamento de cartório; Prefeitura de Araraquara não se manifestou sobre o caso

A imposição de restrições por conta da pandemia afeta diversos tipos de atividades econômicas por mais de um ano, inclusive em Araraquara. Desta vez, fotógrafos teriam sido proibidos de trabalharem em casamentos em cartórios da cidade por conta de uma norma que teria partido da vigilância sanitária. O Araraquara Agora procurou dias atrás a prefeitura para comentar a situação. mas não recebeu nenhuma resposta. 

"Sou fotógrafa na cidade há 7 anos e nossa realidade hoje é um descaso total das autoridades. Agora a vigilância sanitária proibiu os fotógrafos em casamentos nos cartórios da cidade, sendo que desde a pandemia a quantidade de pessoas que poderiam entrar era limitada", contou Camila Caldeira ao Araraquara Agora.

Desde o início da pandemia diversos locais tiveram que lidar com restrições para funcionar, inclusive com limite de ocupação, como já mencionado. "Já fotografei casamentos em que o pai de um dos noivos deixou de entrar para que eu entrasse para registrar o momento", disse Camila. 

"Pra mim que não tenho estúdio tem sido um pouco mais dificultoso sendo que trabalho com eventos somente. Quando liberaram os eventos em novembro do ano passado, a procura não foi logo de imediata pelo serviço de fotografia. Começou dar uma engrenada mesmo em meados de dezembro e janeiro e em janeiro parou os eventos de novo. Nesse meio tempo ate os dias de hoje o que ajudou eu, e creio que a maioria dos fotografos, foram os casamentos nos cartórios. Ontem (13), recebemos a noticia em um grupo de fotografos que estava proibida a nossa entrada nos casamentos", esclareceu a fotógrafa sobre as dificuldades para trabalhar na pandemia e a notícia de proibição nos casamentos. Ainda segundo ela, a medida havia sido determinada pela vigilância sanitária. 

""Dentro do cartorio, como é ao ar livre, ficam todos em distanciamento, inclusive nós fotografos, todo tempo todos com mascaras. Antes de entrarmos é aferida nossa temperatura, passamos alcool em gel", também salientou a fotógrafa.

Camila conversou na última sexta-feira (14) com a equipe do Araraquara Agora, que procurou a prefeitura de Araraquara para comentar a situação. No entanto, até a publicação desta matéria, nenhuma resposta foi enviada, nem mesmo para confirmar ou não a norma que teria partido da vigilância sanitária ou explicar o motivo. 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »