30/09/2022 às 17h06min - Atualizada em 30/09/2022 às 17h06min

Outubro Rosa Pet alerta para a prevenção do câncer de mama em cães e gatos

Giovanna Rossi Varallo, veterinária do Bem-estar Animal da Prefeitura, destaca o propósito da campanha

O Outubro Rosa Pet é uma campanha famigerada há anos no contexto da medicina veterinária. Nela, o foco é todo destinado para o câncer de mama em cadelas e gatas. O objetivo é alertar os tutores sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce da doença.

Giovanna Rossi Varallo, veterinária da Coordenadoria de Bem-estar Animal da Prefeitura de Araraquara, destaca o propósito da campanha. "Infelizmente, a doença possui alta prevalência e incidência no Brasil. Além disso, muitos desses animais evoluirão para o óbito em decorrência das complicações relacionadas ao câncer de mama, como as metástases. Diante disso, é genuíno e justificável o propósito do Outubro Rosa Pet", comenta.

Ela afirma que o câncer de mama pet é passível de prevenção. "O conhecimento é o principal aliado para o controle epidemiológico da enfermidade, tanto nas cadelas quanto nas gatas. E, como prevenir? Castrando! Por isso, é extremamente importante a orientação do médico veterinário, pois é ele quem vai indicar o melhor momento para a cirurgia. O efeito profilático é observado, principalmente, quando os animais são submetidos à castração ainda jovens", acrescenta.

A veterinária aponta outra dica relevante para a prevenção da doença. "Jamais submeta seu animal às aplicações de fármacos que inibem o cio. Muitas vezes, essas substâncias são hormônios que podem induzir o surgimento de neoformações nas mamas. Na ausência de interesse reprodutivo, o procedimento mais indicado, mais uma vez, é a castração", salienta.

Giovanna ressalta ainda como os tutores podem contribuir para a identificação precoce do câncer de mama no seu animal. "O 'toque amigo' das glândulas mamárias das cadelas e gatas é um método que pode auxiliar na identificação de nódulos, os 'carocinhos', na mama, ainda em estágios muito iniciais. Por isso, acariciar a barriga e o peito desses bichinhos, em busca dessas lesões, de forma periódica, pode ser uma estratégia interessante. Na identificação de algo suspeito, leve imediatamente ao médico veterinário. Entretanto, o 'toque amigo' não exclui a necessidade das visitas rotineiras ao médico veterinário, uma vez que este é o profissional detentor do conhecimento da semiotécnica adequada para o vasculhamento de nódulos nas glândulas mamárias das Pets. No Outubro Rosa PET, mais uma vez, reforçamos tal informação. Afinal, quem ama cuida", conclui a veterinária.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »