10/09/2020 às 19h37min - Atualizada em 10/09/2020 às 19h47min

Vila Xavier, Selmi Dei, Centro e Harmonia têm maior incidência de fêmeas do Aedes

Vila Xavier, Selmi Dei, Centro e Vila Harmonia são os bairros com maior incidência de infestação de fêmeas do Aedes Aegypti, mosquito transmissor da dengue. A análise chama a atenção de gestores de saúde de Araraquara, que reforçam a importância da participação da população no combate dos criadouros. 

Em 2020, foram confirmados 213 casos de dengue na cidade, sendo a maioria no primeiro trimestre; 148 casos. Nos meses seguintes, os casos tiveram uma redução acentuada, fechando agosto com 2 casos confirmados.

O monitoramento da infestação de mosquitos machos e fêmeas de Aedes aegypti que é realizado semanalmente pela Vigilância, indica progressão do número de fêmeas capturadas em diferentes bairros da cidade, mesmo as condições climáticas não sendo favoráveis à proliferação do mosquito.

Esse monitoramento vem sendo realizado no decorrer do ano e começou no fim de 2019 com instalação de armadilhas nos quintais das residências, que capturam a fêmea do mosquito.

Dessa forma, mesmo controlada na cidade, a dengue requer atenção constante e o combate ao mosquito Aedes aegypti precisa da colaboração da população, que deve manter sempre limpos os quintais e terrenos, eliminando qualquer tipo de inservível que possa juntar água e virar criadouro do mosquito da dengue. Também é importante colocar desinfetante nos ralos e limpar as calhas.

Entre em nosso grupo do WhatsApp: https://bit.ly/3eUyDlr


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Zap
Atendimento
Oi, eu sou Willian Oliveira. Precisa de ajuda? Aqui você pode sugerir pauta, falar com nosso departamento comercial, estamos a sua disposição