13/10/2020 às 14h04min - Atualizada em 13/10/2020 às 14h04min

Cerca de 93% das fiscalizações em Araraquara ficaram na conversa

Mesmo com as medidas de endurecimento da fiscalização implementadas pelo Plano de Intensificação de Enfrentamento à Pandemia, a maioria das ações realizadas pela força-tarefa da Prefeitura de Araraquara ficaram apenas em orientações verbais. Desde o dia 5 de outubro até o feriado desta segunda-feira (12), foram 369 procedimentos, sendo que 344 ficaram na conversa, representando um percentual de aproximadamente 93%. 

Conforme os dados apresentados no boletim diário do Comitê de Contingência, no período do dia 5 até o dia 12, a maioria das fiscalizações foi em estabelecimentos comerciais (274), seguido de bares, lanchonetes, restaurantes e similares (61). Além disso, pesque-pagues, shopping center e mercado municipal, academias, áreas de lazer, chácaras, campos de futebol, residências, praças e até mesmo igrejas foram averiguadas. Ao todo, o levantamento da Prefeitura aponta 369 ações nos segmentos mencionados. 

Além das 344 orientações verbais, seis pessoas físicas receberam notificações de orientação e 14 pessoas jurídicas tiveram a mesma punição. Vale ressaltar ainda que foi realizado 1 auto de constatação e 4 quatro boletins de ocorrência. 

As operações envolvem a Guarda Civil Municipal, fiscais das Vigilâncias Sanitária e Epidemiológica, equipes do Procon e o apoio da PM. Segundo a Prefeitura, "todas as ações estão sendo empregadas com o objetivo de conter a transmissão da Covid-19 em Araraquara, mas somente terão resultado se a população se conscientizar e cumprir as normas e protocolos definidos no decreto municipal". 

Entre em nosso grupo do WhatsApp: https://bit.ly/3dmAMad

 

 

 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »