12/02/2021 às 12h54min - Atualizada em 12/02/2021 às 12h56min

URGENTE: Araraquara confirma mais seis mortes por coronavírus

Mais seis mortes por decorrência da Covid-19 foram confirmadas em Araraquara nesta sexta-feira (12). Além, mais 120 pessoas foram positivadas com a doença e quase 200 estão internadas, segundo os dados do boletim diário do Comitê de Contingência.

Nesta sexta-feira (12) mais 74 casos positivos de Coronavírus, o equivalente a 41% de 219 amostras analisadas na Unesp e na UPA da Vila Xavier. Além destes, mais 46 foram positivados em laboratórios da rede complementar particular, totalizando 120 novos casos.

Portanto, agora são 11.759 casos em Araraquara. Do total de confirmados, 713 permanecem em quarentena e 10.905 já saíram. Aguardam resultado de exames 369 amostras.

Hoje, 184 pacientes estão internados, sendo que 131 estão em enfermaria (6 suspeitos e 125 confirmados) e 53 estão na UTI (1 suspeito e 52 confirmados). Do total de 184 internados, 150 são moradores de Araraquara e 34 são de outros municípios e foram transferidos para hospitais da cidade.

Com relação às internações nos serviços hospitalares que disponibilizam leitos para Covid-19 (públicos e privados), a cidade conta hoje com uma taxa de ocupação de 100% de leitos de enfermaria (novos leitos de enfermaria foram abertos em caráter de urgência) e 95% de UTI.

Hoje, a Santa Casa de Araraquara tem 19 pacientes internados com Covid-19, a Unidade de Retaguarda do Melhado tem 15 pacientes e o Hospital de Campanha tem 37 pacientes.

Foram notificados, até o momento, 141 óbitos decorrentes de Coronavírus.

Os  óbitos mais recentes são:

Homem de 43 anos, com comorbidades, que estava internado em hospital público desde 6 de fevereiro.

Mulher de 73 anos, com comorbidades, que estava internada em hospital público desde 5 de feveiro.

Mulher de 73 anos, com comorbidades, que estava internada em hospital público desde 21 de janeiro.

Mulher de 88 anos, com comorbidades, que estava internado em hospital particular desde 3 de fevereiro.

Homem de 67 anos, com comorbidades, com familiar positivado e internado, que faleceu em casa antes de buscar assistência médica. O exame foi colhido e positivado pós-morte.

Homem de 50 anos, com comorbidades, que foi atendido na rede privada de saúde, foi positivado e seguia com tratamento em casa. Seu quadro clínico se agravou e ele faleceu em casa.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »