14/02/2021 às 15h17min - Atualizada em 14/02/2021 às 16h03min

Prefeitos da região decidem endurecer medidas de isolamento social para conter variantes do coronavírus

A reunião de prefeitos da região de Araraquara, realizada de forma online neste domingo (14), terminou com um consenso sobre a necessidade de ampliação das medidas de isolamento social. A decisão é para tentar conter o rápido avanço das novas variantes do coronavírus, já identificadas na cidade de Araraquara. Segundo declaração da secretária de Saúde de Araraquara, Eliana Honain, as novas variantes certamente já circulam nas cidades vizinhas. A suspeita é reforçada pela semelhança dos novos casos diagnosticados e também da velocidade de disseminação da doença, características das cepas de Manaus e do Reino Unido. No encontro cada prefeito pôde expor a situação de seu município. Todos concordaram com a decisão de Araraquara, que decretou lockdown a partir desta segunda-feira (15) e se comprometeram a também ampliar seus esforços para conter a circulação de pessoas e consequentemente a disseminação da doença. “As novas mutações do vírus são mais transmissíveis e estão gerando complicações em pacientes mais jovens. Os prefeitos entendem a gravidade da situação e se comprometeram a publicar decretos municipais com medidas de ampliação do isolamento social. Outro ponto abordado é que os municípios farão um esforço para a ampliação de leitos de enfermaria e UTI, inclusive solicitando ajuda ao Governo Federal e ao Governo do Estado. A situação é grave e toda a região está unida para salvar vidas”, destacou o prefeito de Araraquara, Edinho Silva. Cada cidade participante deve editar decretos nos próximos dias ampliando as medidas de isolamento social. Nem todas terão lockdown completo já que cada uma, por seu tamanho e diversidade, vive uma realidade diferente de Araraquara, mas todas devem tornar mais rígidas as regras atuais e se esforçar para ampliar a fiscalização e coibir o desrespeito as regras da Fase Vermelha. “Foi uma reunião muito importante para que possamos agir em conjunto nesse momento. Todos os prefeitos, profissionais da saúde e servidores da região estão trabalhando sem descanso há quase um ano em busca de soluções para essa pandemia. Agora, no momento mais crítico para nós, essa união vai fazer a diferença e esperamos contar com o apoio da população que é fundamental para que logo possamos sair dessa situação”, destacou o prefeito de Boa Esperança do Sul, Manoel de Souza. "Não vamos adotar um lockdown como Araraquara, pelas próprias características de Santa Lúcia, mas vamos ampliar as medidas de prevenção e isolamento social. Vamos criar equipes de conscientização para orientar as pessoas, o comércio, regular o funcionamento dos estabelecimentos comerciais para que eles sigam os protocolos de segurança. Estamos pedindo para que as pessoas evitem também se aglomerar dentro de casa, com festas de aniversários, churrascos e outros eventos. Vamos tentar evitar que isso aconteça estimulando as denúncias", disse o prefeito de Santa Lúcia, Luizinho Noli. Também estiveram no encontro a diretora de Planejamento e Avaliação do Departamento Regional de Saúde, Sônia Souza Silva; Edna Martins e Fernando Medeiros, representando a Secretaria de Desenvolvimento Regional do Governo do Estado. ENTRE EM NOSSO GRUPO DO WHATSAPP (CLIQUE AQUI)
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »