16/02/2021 às 00h27min - Atualizada em 16/02/2021 às 00h27min

Quase mil pessoas foram orientadas em primeiro dia de lockdown

Quase mil pessoas foram orientadas nos bloqueios em diferentes pontos de Araraquara no primeiro dia de lockdown. Nesta segunda-feira (15), foram 322 veículos abordados, sendo que a maioria circulava com 2 pessoas ou mais. Equipes da força-tarefa da Prefeitura Municipal abordaram 332 veículos que passaram no período da manhã pela Avenida Maria Antônia Camargo de Oliveira, próximo ao centro, e na Avenida Padre José Anchieta, na altura da Vila Furlan, e ainda motoristas que circularam durante a tarde, pela Avenida 7 de Setembro, no Carmo. Todos foram orientados sobre as novas regras. Na abordagem realizada pela força-tarefa, as pessoas estão sendo orientadas sobre essas novas regras. Foram 217 veículos abordados de manhã e mais 115 à tarde, até por volta das 17h30. “Considerando que a maioria dos 332 veículos abordados circulavam com 2 pessoas ou mais, chegamos a orientar quase mil munícipes neste primeiro dia.  E a grande maioria alegou estar se deslocando dentro da exigência do decreto, para trabalhar em serviços essenciais”, afirma o secretário de Cooperação dos Assuntos de Segurança Pública, coronel João Alberto Nogueira Junior. “Neste primeiro momento, as pessoas estão sendo orientadas, mas a Prefeitura dispõe de dispositivos legais para multar pessoas físicas e jurídicas pelo descumprimento do decreto”, acrescenta o secretário municipal. De acordo com a Prefeitura de Araraquara, no caso de circulação de pessoa física fora das regras do decreto, o valor da multa é de 2 Unidades Fiscais do Município (UFM), ou de R$ 120,58. No entanto, a prefeitura diz que os fiscais trabalham com a orientação neste primeiro momento. Endurecimento da quarentena Após a afirmação, na sexta-feira (12), pelo Instituto de Medicina Tropical, órgão vinculado à USP (Universidade de São Paulo), de que novas cepas do coronavírus encontradas em Manaus (AM) e no Reino Unido estariam circulando em Araraquara, a Prefeitura elaborou um novo decreto municipal endurecendo as medidas de isolamento social no município, já que os leitos de enfermaria e de UTI operam próximos da ocupação total. Na manhã desta segunda, após reavaliação das amostras, o Instituto descartou a circulação de variantes do Reino Unidos e confirmou as de Manaus. Diante do agravamento da doença, o decreto municipal com essas regras mais duras começou a valer já nesta segunda, com efeitos durante os 15 dias seguintes, tendo como uma das principais medidas para conter a transmissão da doença a restrição de circulação de veículos e de munícipes pelas ruas. Somente poderá circular quem trabalha em um serviço considerado essencial (como supermercados, farmácias, postos de combustíveis, entre outros) e quem for utilizar um desses serviços. Vale ressaltar que a circulação da cepa do Reino Unido em Araraquara não está comprovada, segundo uma reanálise feita pelo Instituto de Medicina Tropical. Além disso, também é importante destacar que a Prefeitura de Araraquara deve fazer ajustes em um novo decreto municipal.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »