19/02/2021 às 11h52min - Atualizada em 19/02/2021 às 11h27min

Araraquara recebe representantes da OPAS/OMS e do Instituto Butantan

O prefeito Edinho, secretários municipais e autoridades de saúde de Araraquara receberam nesta quinta-feira (18), na Prefeitura, representantes da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Instituto Butantan para um diálogo sobre ações de enfrentamento da Covid-19 no município.

Uma das presenças foi a da médica infectologista Ho Yeh Li, coordenadora da UTI Covid do Hospital das Clínicas de São Paulo e consultora nacional para Covid da OPAS (Organização Pan-Americana da Saúde), órgão vinculado à OMS.

“A consultora relatou sua experiência acompanhando de perto o avanço da pandemia em Manaus, que sofreu com o colapso do sistema de saúde. Também nos apresentou sugestões técnicas importantes para o enfrentamento da Covid-19 na rede de saúde de Araraquara”, afirmou o prefeito Edinho.

Para a infectologista da OPAS/OMS, as medidas de endurecimento do isolamento social tomadas pela Prefeitura após a confirmação da circulação da cepa de Manaus foram acertadas.

“No ano passado, Araraquara conseguiu se preparar de uma forma muito organizada para o enfrentamento. Agora, a gente está em outro cenário, em que diversas regiões ao redor também estão tendo aumento de casos. Então, eu acho que o município está se mexendo, mas os outros municípios ao redor precisam estar juntos”, declarou.

Ho Yeh Li também reforça que a população deve sempre utilizar máscaras e tomar os cuidados necessários. “Mesmo chegando a vacinação, a gente ainda tem muita dúvida sobre quanto tempo uma pessoa vacinada vai ter anticorpo protetor. As medidas de prevenção continuam sendo essenciais. São elas que vão conseguir estabilizar a taxa de internações”, disse a especialista.

Tecnologia

A reunião também contou com representantes do Instituto Butantan: a head de Tecnologia da Informação, Cláudia Anania, a coordenadora de sistemas, Kilmary Sequeira, e a especialista em Inteligência de Negócios, Gabriela Mauric.

Em parceria com o Butantan, de forma pioneira, Araraquara irá utilizar a metodologia Contact Tracing – ou rastreamento de contatos –. Trata-se de uma estratégia usada para combater infecções contagiosas. Para isso, a ideia é localizar, por meio da tecnologia, pessoas infectadas e identificar todas as outras pessoas que tiveram contato com elas. O objetivo é aprimorar o gerenciamento de informações sobre positivados para Covid-19, comunicantes e para agilizar o trabalho de monitoramento das equipes de Vigilância em Saúde.

Com a ajuda da tecnologia da informação do Butantan e de uma plataforma, a notificação de resultados positivos ou negativos dos laboratórios será enviada em tempo real para os pacientes e para os profissionais da Vigilância em Saúde, acelerando o trabalho de rastreamento de familiares e outras pessoas que tiveram contato com o paciente positivo para Covid-19.

“A importância da plataforma é termos as informações em tempo real e centralizadas para a tomada de ações no combate à Covid-19. Araraquara vai ser o nosso lançamento”, afirmou Claudia Anania.

Para Edinho, todas as medidas da Prefeitura precisam do apoio dos moradores da cidade. “O momento da pandemia é crítico, com a circulação da nova cepa de Manaus. Com todos os esforços da Prefeitura e da população, cumprindo o isolamento social, superaremos essa situação”, concluiu o prefeito.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »