24/02/2021 às 12h01min - Atualizada em 24/02/2021 às 12h01min

Sem conseguir atender clientes, mercados cancelam compras e negam novos pedidos

As novas regras de lockdown total, impostas para a população de Araraquara, desde o meio-dia de domingo (21) trouxeram uma situação inédita no país, o fechamento até dos supermercados. Obrigados a atender por delivery e com apenas 30% dos funcionários trabalhando, os pedidos pela internet, WhatsApp e por telefone se acumularam e quem comprou na sexta-feira (19), até agora não recebeu suas compras. “Eu comprei logo que o decreto foi anunciado na sexta, por WhatsApp para não ter que pegar fila e arriscar meus pais que são idosos. A previsão era de entrega para hoje (24) e agora a precisão foi para março. O que eu vou fazer até lá?”, questiona a microempresária Ana Laura Santos de Alencar, de 32 anos. Em nota, o Supermercado 14, um dos que mais receberam reclamações nos últimos dias, se manifestou em suas redes sociais. “Devido às restrições de capacidade de funcionários que nos foi imposto pela Prefeitura, estamos passando por uma dificuldade ainda maior para conseguir atender tamanha demanda. Desde já pedimos sinceras desculpas pelo transtorno causado devido aos atrasos e salientamos que todos os pedidos serão entregues”, escreveram. A publicação, feita nas redes sociais do mercado, não agradou a todos. “A minha compra nunca foi entregue, estou tendo um trabalho enorme pra me reembolsarem o dinheiro”, escreveu Amanda Santos, que comprou do mercado pelo Ifood. Simone de Fábio Bocato, foi mais além: “se não estão conseguindo atender a todos e atrasando coloca um prazo maior no site, mas cumpram o prometido”, rebateu. Quem comprou pelo Savegnago também espera até agora pelas compras. “Já compro a mais de 10 anos e semana passada precisamos comprar online por estarmos em quarenta recuperando desse vírus, compramos na quinta feira só entregaram no sábado por terceiros e vieram faltando alguns itens inclusive o leite dos meus filhos, já entrei em contato por email, chat, wattzap, telefone e ninguém me responde apenas um atendente disse que iria resolver no sábado e até agora nada”, reclamou a cliente Ana Paula Hilário. Em atenção a cliente a rede de supermercados respondeu: “mesmo antes do fechamento das lojas, já havíamos recebido um grande aumento nos pedidos através do e-commerce e com o lockdown decretado isso se potencializou na cidade, chegando a ser 9 vezes maior em pedidos do que em dias convencionais. Infelizmente esse aumento exponencial causa alguns gargalos na separação de pedidos, estoque e consequentemente nas entregas. Pedimos a compreensão de todos nesse momento atípico, onde estaremos 100% empenhados em normalizar as entregas o mais breve possível. Continuaremos cumprindo com esse importante trabalho de abastecimento à população, algo que a Rede junto com seus funcionários realiza sem medir esforços desde o início da pandemia. Pedimos a compreensão de todos nesse momento atípico”. Leitores do portal Araraquara Agora informaram que outros mercados grandes da cidade estariam negando novos pedidos até que consigam processar os que estão acumulados. Outros estão com telefones ocupados e não respondem aos chamados por WhatsApp. Foto:  Agência Brasil
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »