27/02/2021 às 09h09min - Atualizada em 27/02/2021 às 09h48min

Reabertura dos supermercados começa com filas e regras rígidas de prevenção

O lockdown total terminou no começo da manhã deste sábado (27) em Araraquara e a flexibilização mais aguardada era a reabertura dos supermercados para atendimento presencial.Logo cedo enormes filas se formaram no entorno dos maiores mercados da cidade. Apesar da grande procura, a busca por alimentos foi menor que há uma semana quando foi anunciado o fechamento desses estabelecimentos.No Savegnago da Maurício Galli, na Vila Sedenho, a fila dobrava as duas esquinas no entorno da loja, às 8h30 da manhã. Os clientes entravam em grupos de 20 pessoas, depois que outras 20 saíssem. A lotação era de 100 pessoas, segundo um funcionário da portaria que media a temperatura de quem entrava."Cheguei cedo, fui uma das primeiras da fila. Estava sem quase nada em casa e agora estou voltando com tudo que precisava" contou a aposentada Maria de Lourdes da Costa, de 73 anos. Ela ficou 30 minutos na fila do Savegnago da Rua Maurício Galli.As redes que vendem por atacado também puderam abrir as portas e os clientes precisaram exercitar a paciência para conseguir entrar e comprar. "Estamos quase entrando no mercado depois de 40 minutos. Não considero muito tempo, é o preço que a gente para pelo que está acontecendo no mundo", disse a professora Maria Beatriz Tagliacoso, na porta do Atacadão.Do lado de fora dos mercados visitados pela reportagem sempre haviam funcionários organizando as filas, o distanciamento e aferindo a temperatura dos clientes. Do lado de dentro, teve quem reclamou da organização: "Estão fazendo certinho, tem só 20 clientes na loja, mas na fila do açougue falta indicação para que as pessoas não fiquem se amontoando. Eu sou viúva, não tenho filhos e sair é minha única alternativa, o pessoal precisa entender que não pode ficar tudo empelotado nas filas", reclamou a pensionista Analice Maria de Souza.Araraquara começou hoje um plano de reabertura da economia que vai até o dia 17 se os indicadores da doença não avançarem. Confira o passo a passo do cronograma:

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »