13/04/2021 às 18h56min - Atualizada em 13/04/2021 às 18h56min

Os 100 dias de Manoel à frente da Prefeitura: coronavírus, zeladoria e geração de emprego foram as prioridades

Por Rian Fernandes Manoel do Vitorinho foi eleito em Boa Esperança do Sul com 53,78% dos votos válidos nas eleições de 2020 e assumiu o posto de prefeito no dia 1 de janeiro de 2021, junto com seu vice, André Piassalonga. No último sábado (10), ambos completaram 100 dias a frente do Executivo da cidade.  […]

Rian Fernandes
https://araraquaraagora.com/2021/04/13/os-100-dias-de-manoel1-a-frente-da-prefeitura-coronavirus-zeladoria-e-geracao-de-emprego-foram-as-prioridades1/%20

Manoel do Vitorinho foi eleito em Boa Esperança do Sul com 53,78% dos votos válidos nas eleições de 2020 e assumiu o posto de prefeito no dia 1 de janeiro de 2021, junto com seu vice, André Piassalonga. No último sábado (10), ambos completaram 100 dias a frente do Executivo da cidade. 

Durante os 100 dias de governo, Manoel do Vitorinho participou de diversas ações e conquistas para a cidade. Uma das primeiras iniciativas tomadas pelo então prefeito foi a realização de um mutirão de limpeza por bairros da cidade, com o intuito de remover entulhos que estavam espalhados pelas ruas e avenidas. O problema era uma reclamação constante de moradores. A iniciativa teve o apoio de vários funcionários da Prefeitura Municipal, assim como veículos, como caminhões e tratores da iniciativa privada.

O problema continua, em menor número e o município já estuda soluções para acabar definitivamente com o incomodo.

Um dos problemas que Manoel e André já esperavam enfrentar, ou pelo menos deveriam, era elaborar um planejamento para enfrentar a pandemia do coronavírus. Ainda em janeiro, os governantes foram em busca das vacinas para começar a imunização contra a Covid-19 na cidade. O início da campanha, no dia 22 de janeiro, foi marcada pela escolha da primeira vacinada, na ocasião uma profissional da Saúde que já havia vencido a doença. Logo após, outros servidores da linha de frente também receberam a aplicação da primeira dose. 

Até o momento, idosos estão sendo imunizados na cidade e 100 profissionais da Educação já receberam a primeira dose da vacina. 

Ainda no mês de janeiro, a Prefeitura de Boa Esperança realizou a recuperação e limpeza d1111o Cemitério Municipal, que estava com sujeira, mato alto e até mesmo árvores caídas nas sepulturas. 

Moradores do Jardim Altos do Vista Verde e Parque Residencial das Palmeiras puderam contar com o Programa de Regularização Fundiária Cidade Legal. O programa em parceria com o governo estadual possibilitou a regularização fundiária de áreas irregulares, de propriedade particular ou de propriedade pública. Assim, foi possível a alcançar o documento de posse ou de propriedade do seu imóvel, devidamente registrado no Cartório de Registro de Imóveis.

Além disso, a Prefeitura Municipal, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) e Sindicato Rural de Araraquara realizou e finalizou o curso: Eletricista, instalações elétricas em baixa tensão. É o primeiro de muitos, segundo o Executivo.

A ideia é oferecer ao mercado mão de obra qualificada e com isso gerar mais oportunidade de emprego para os moradores

 

Outra dificuldade enfrentada pela Prefeitura de Boa Esperança do Sul foi com relação ao funcionamento de bombas d’água, que garantem o abastecimento para as residências da cidade. Por mais de uma vez, inclusive, houve a necessidade de realizar reparos em poços de água dos bairros. Houve desabastecimento momentâneo, mas a solução veio rápido, inclusive com medidas preventivas para que os transtornos não ocorram com a mesma frequência de antes.

As escolas da cidade também receberam serviços de limpeza e zeladoria, visto que algumas delas estavam com mato alto, sujeira e necessitando de reparos. Serviços de zeladoria também foram feitos no Clube Municipal, conhecido como “Clube das Piscinas”.

O kit merenda continuou sendo distribuído aos alunos da rede municipal, assim como ovos de chocolate, que também foram entregues por conta da Páscoa. Além disso, Manoel e André representaram a cidade em uma reunião com Flávio Maluf, da PremieRpet, conquistando mais 2.700 cestas básicas para o município. Elas serão entregues nas próximas semanas e meses para os mais afetados pela crise do coronavírus.

Uma Operação Tapa Buracos foi feita em ruas e avenidas da cidade, além de reparos realizados na ponte 7 de Setembro. A região do calçadão, ao lado do rio Boa Esperança, recebeu uma nova iluminação que deixa o local mais claro durante as noites e oferece mais segurança para a população. 

Também com relação ao coronavírus, a Prefeitura de Boa Esperança do Sul teve que reforçar a fiscalização dos agentes sanitários, da polícia militar e de outros envolvidos com o intuito de reduzir as aglomerações. Na época, inclusive, as áreas de lazer eram motivo de constante questionamento por parte dos moradores e as equipes chegaram a acabar com festas de jovens pela cidade. 

Além disso, a higienização de prédios da cidade foi realizada com o intuito de auxiliar no enfrentamento da pandemia da Covid-19. 

Entre as conquistas, por meio de diversas parcerias, a Prefeitura de Boa Esperança do Sul conseguiu três novos respiradores pulmonares para a Saúde local e 400 testes rápidos para aplicar na população. Além disso, um novo ônibus escolar foi recebido pelo município. 

Durante o governo, Manoel do Vitorinho já foi para Brasília em busca de recursos e projetos para o município. Recentemente ele também anunciou a troca do prédio do gripário.

Agora o atendimento será realizado no antigo CRAS, como novos equipamentos e ar condicionado nas salas, oferecendo melhor condição de trabalho aos funcionários e atendimento para os moradores. 

Centro Cultural Gastronônico

Em breve os moradores do Jardim Vista Verde vão poder contar com uma praça nova, remodelada e economicamente sustentável, segundo o município. As obras já começaram e a ideia é dar vida ao local com a construção de quiosques para a criação de um Centro Cultural Gastronômico. A Prefeitura vai ceder os espaços para empreendedores locais de alimentação e aos finais de semana estimular uma feira de artesanato com artistas locais.

“Nós sabíamos que não seria fácil, enfrentamos o momento mais difícil da humanidade e lutamos com todas as forças para que nossa cidade não sofresse mais com a doença. Além disso, não medimos esforços para colocar a casa em ordem, cuidar do servidor público e correr atrás de novas oportunidades para a geração de emprego, que ainda é um de nossos focos de atuação. Não vamos descansar até trazer mais empresas para a cidade”, diz Manoel.

 

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »