21/08/2021 às 12h54min - Atualizada em 21/08/2021 às 12h54min

Vereadores se retiram de sessão ordinária nesta sexta (20) em Trabiju

Vereadores disseram ser um ato de protesto contra o presidente da Câmara, que falou sobre a saída dos parlamentares

Os vereadores Leandro Henrique Rios, Lourivaldo José dos Santos, Marina Aparecida Alves e Vanderlei Amaral se retiraram da sessão ordinária desta sexta-feira (21). Segundo os parlamentares, a saída aconteceu como um ato de protesto contra o presidente da Casa de Leis, Antônio Carlos Amaral dos Santos.

A saída dos vereadores aconteceu após uma fala da vereadora Marina Aparecida Alves. Ela iniciou sua fala dizendo estar chateada. “[...] A gente protocolou um requerimento e o sr. presidente deu a palavra de que o nosso requerimento seria passado pela casa hoje. E isso não aconteceu”, disse ela.

“Infelizmente, o que vejo nessa casa: política. Simplesmente política. Um grupo político, um grupo interesseiro, que não está trabalhando para a população e sim por si próprio. Por que isso? Porque a eleição se aproxima”, completou a vereadora Marina Aparecida Alves.

No término de sua fala, a vereadora disse que iria se retirar da sessão. “Eu gostaria de me retirar dessa casa, como um voto de protesto. Com licença”. Em seguida, os vereadores Leandro Henrique Rios, Lourivaldo José dos Santos e Vanderlei Amaral acompanharam a parlamentar e também deixaram a sessão.

Após a saída dos vereadores da sessão, o presidente da Câmara, Antônio Carlos Amaral dos Santos, aproveitou seu tempo de fala para comentar sobre o acontecido. “CPI, vou deixar bem claro aqui: a gente não vai ser contra CPI de a, nem b, nem c. Temos aqui 9 vereadores. Abrir duas CPI’s ao mesmo tempo vai tumultuar a situação”.

O presidente da Câmara se defendeu e disse estar fazendo o trabalho de vereador. “Não estou fazendo política aqui que nem a vereadora está falando. Estou fazendo trabalho de vereador. [...] A gente corre para outros lugares para buscar mais recursos e buscar coisas boas para Trabiju. Não é fugir de uma sessão igual os covardes”.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »