21/08/2021 às 16h01min - Atualizada em 21/08/2021 às 16h01min

Há 42 anos ele ganha a vida vendendo pipoca em Araraquara

"Já vi filhos e até netos das crianças e jovens que vendia pipoca”

Cassiane Chagas

O araraquarense Roberto Alves de Moraes, tem 64 anos. Há 42 anos vende pipoca na Praça do DAAE. Simpático e muito comunicativo, ele conta que o pai, de 90 anos, ainda o acompanha no trabalho.

 

Sempre trabalhei com carrinho de pipoca, meu pai e eu trabalhamos juntos. O pessoal já conhece a gente. Já vi filhos e até netos das crianças e jovens que vendia pipoca. Isso não tem preço. Não tem o que paga esse tipo de alegria”, diz.

 

Roberto é cadastrado pela prefeitura e segue rigorosamente as regras de segurança sanitárias. Ele usa jaleco, máscara de proteção e ao lado das barraquinhas tem álcool em gel para os clientes.

 

Atualmente ele vende pipoca salgada e pipoca doce, daquelas bem coloridas. A família também vende no local churros e algodão-doce.

 

A gente começou primeiro com pipoca, eu e meu pai. Depois adquirimos uma máquina de churros e agora a máquina de algodão-doce. A família inteira trabalha. Meus dois irmão trabalham com carrinhos em outros pontos da cidade”.

 

 

Minha renda há 45 anos é nesta venda com carrinhos”

 

O araraquarense é casado, tem uma filha e um neto. Diz que adora o contato com as pessoas.

 

É gostoso. Meu pai com 90 anos é aposentado e não precisa mais trabalhar, só que ele gosta desse contato com as pessoas”, finaliza.

 





Aniversário de Araraquara

 

Não tenho palavras. Eu sou nascido e criado aqui. Araraquara é o meu berço”.

 

 

Reaberta

 

A praça foi reaberta do primeiro dia do mês, seguindo o decreto nº 12.624, que permitiu o acesso às praças municipais, observando o distanciamento de 1,5 metro entre as pessoas e a obrigatoriedade do uso de máscara com cobertura total do nariz e da boca a todos os maiores de dois anos.
 

A praça do Daae fica na rua Napoleão Selmi Dei, nº 26, Vila Harmonia e abre de segunda a domingo, das 7h às 23h.


Muitas histórias, minha morada: Araraquara.





Veja galeria da Praça do DAAE:


 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Prefeitura tem responsabilidade no crescimento de casos da dengue em Araraquara?

67.8%
32.2%
0%