14/05/2020 às 22h04min - Atualizada em 14/05/2020 às 22h28min

Pronto-socorro do Melhado é plano B se casos de Covid-19 crescerem em Araraquara, diz Eliana Honain

Por Brenda Bento

A Secretária de Saúde de Araraquara, Eliana Honain, disse que o antigo pronto-socorro do Melhado será utilizado como plano B se casos de coronavírus aumentarem no município. A afirmação foi feita com exclusividade durante live promovida pelo Portal Araraquara Agora na noite desta quinta-feira (14).

Questionada sobre os motivos de ter feito um Hospital de Campanha e não utilizado o espaço do pronto-socorro do Melhado para tal finalidade, a secretária da Saúde informou que o pronto-socorro do Melhado só comportaria 22 leitos, o que não seria suficiente de acordo com cálculos da secretaria do Estado e Ministério do Saúde. 

"O Melhado não teria o número de leitos suficientes, nós teríamos apenas 22 leitos, então nós teríamos só leitos de UTI, não teríamos leitos de retaguarda", disse Eliana. 

Ainda de acordo com a secretária de Saúde, o antigo pronto-socorro do Melhado é considerado um plano B para a Prefeitura caso a demanda de coronavírus aumente. "Colocamos as obras em andamento muito rápido porque se precisarmos ele vai ser aberto também para dar conta da demanda. A gente tomou esse cuidado."


Questionada sobre a possibilidade dos equipamentos e estrutura do Hospital de Campanha não serem utilizados, Honain disse que isso não preocupa a Prefeitura, pois tudo que foi feito ali é considerado investimento.


"A população reclama muito da qualidade das camas nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), e nós temos a unidade do Melhado para onde esses equipamentos vão. Esses equipamentos não nos preocupam porque a demanda é muito grande. Gastar em saúde, é só investimento", disse ela.


Ainda de acordo com Eliana, o Hospital de Campanha foi estruturado porque Araraquara tem uma demanda extremamente reprimida na área de UTI. "Nós vivenciamos a dificuldade das pessoas para ter leito de UTI, sabíamos que não iríamos ter leitos de UTI específicos para Covid-19", afirmou.


Honain lembrou ainda que a Santa Casa de Araraquara é referência para a região e o primeiro passo para controlar a pandemia foi garantir assistência à população. "Isso a gente conseguiu estruturando nosso Centro Triagem da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Vila Xavier e agora o nosso Hospital de Campanha."

"Nossa maior alegria vai ser não ter que utilizá-lo porque significa que a população acatou nossas orientações, a população fez a prevenção e a gente conseguiu conter o vírus em Araraquara, mas caso isso não ocorra a população pode ficar tranquila que nós temos a estrutura para poder atendê-los adequadamente", completou.

Confira a entrevista completa neste link.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »