02/08/2020 às 11h40min - Atualizada em 02/08/2020 às 11h33min

Pronto-Socorro do Melhado está na fase final das obras

As obras do Pronto-Socorro do Melhado estão na fase final para a reabertura que foi eleita como prioridade pela população por meio do Orçamento Participativo. O local foi visitado na última sexta-feira (31) pelo prefeito Edinho, vereadores e secretários municipais. A unidade será reaberta como um suporte para as UPAs (Unidades de Pronto Atendimento), disponibilizando leitos hospitalares e estrutura de apoio e diagnóstico, com exames laboratoriais, ultrassom, tomografia, raio-x, endoscopia e colonoscopia. A reabertura do local é viabilizada pela Prefeitura com recursos federais de R$ 8 milhões liberados pelo Ministério da Saúde — R$ 4 milhões na estrutura e modernização da unidade, inclusive com painéis de energia fotovoltaica, e mais R$ 4 milhões para aquisição de modernos equipamentos. “As luminárias estão colocadas, pisos, pias. Consultórios montados, sistemas de gases instalados. Nós vamos devolver o Pronto-Socorro do Melhado para que seja utilizado pela nossa população. Ele jamais deveria ter sido fechado. Muitas vezes, temos pessoas que aguardam leitos de internação nas nossas UPAs e, se esse pronto-socorro existisse, os pacientes viriam para cá e não precisariam ser internados para fazer diagnóstico”, explicou o prefeito Edinho. “Teremos quartos, estrutura de refeição, um conforto maior para o paciente, além de liberar os leitos da Santa Casa para os casos que realmente precisam ser internados”, complementou. Estiveram na visita a vereadora Thainara Faria (PT) e os vereadores Edio Lopes (PT) e Paulo Landim (PT); a secretária de Obras e Serviços Públicos, Anna Padilha; o gerente de projetos Alcindo Sabino; além de técnicos da Prefeitura e engenheiros responsáveis pela obra.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »