23/09/2022 às 21h54min - Atualizada em 23/09/2022 às 21h54min

Praça Sustentável é inaugurada no Santa Angelina

Local foi construído com reaproveitamento de materiais descartados na Estação de Tratamento de Resíduos da Construção Civil e materiais doados; é a terceira nesse modelo no município

Tetê Viviani
A Prefeitura e o Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgotos) inauguraram nesta sexta-feira (23) a Praça Sustentável do Santa Angelina, localizada em área ao lado do Ponto de Entrega de Entulho e Volumosos (PEV, popular bolsão) do bairro — na esquina da Rua Manoel Rodrigues Jacob com a Avenida João Squariz.

É a terceira praça sustentável entregue pelo Daae. As outras duas são no Jardim Universal e no Jardim Dumont. O espaço foi construído com o reaproveitamento de materiais descartados na Estação de Tratamento de Resíduos da Construção Civil e materiais doados.

"A gente está recuperando um local que era um problema para os moradores. E cada equipamento construído foi feito com material reciclável. É uma praça sustentável na concepção que nós queremos. Uma área degradada virou um espaço de lazer", destacou o prefeito Edinho.

O superintendente do Daae, Donizete Simioni, agradeceu a todos os servidores envolvidos na execução das obras da praça e, na pessoa de Terezinha Borsari, moradora próxima do local, agradeceu também à comunidade do Santa Angelina por ter apresentado essa proposta. "É um novo espaço que está sendo construído. Temos que avançar nesse modelo. Entulho e materiais recicláveis viram uma praça para uso da comunidade", afirmou.

A vereadora Fabi Virgílio (PT), representando a Câmara Municipal, parabenizou o Daae e a Prefeitura pela iniciativa, destacando que as praças são um local de convivência entre família, amigos e a vizinhança.

Ainda estiveram na entrega da praça diretores, gerentes e servidores do Daae, além do coordenador de Gestão Ambiental, da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Gelson Caldeira Dantas.

Reaproveitamento

Em abril deste ano, foi realizada uma reunião entre representantes do Daae e moradores do entorno do bolsão do Santa Angelina para discussão de melhorias no funcionamento do local. Entre as demandas apresentadas estava a revitalização de uma área contígua ao bolsão. A área foi transformada em uma praça, com instalação de bancos e mesa, trilha caminhável e iluminação de LED.

Não houve custos. Bancos, lixeiras e floreiras foram feitos com sobras de tubos utilizados pelo Daae em redes e ramais de água e esgotos. Bancos de madeira foram feitos a partir de sobras da reforma das escadas do Parque Natural Municipal do Basalto. A mesa foi doada pela empresa CPFL.

Guias dos canteiros foram feitas com corpos de prova doados. A grama também foi doada. A pavimentação foi executada com agregado de britagem de resíduos da construção civil. As tintas utilizadas também são sobras. A poda e a iluminação LED foram executadas pela Prefeitura.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »