18/08/2020 às 19h26min - Atualizada em 18/08/2020 às 19h26min

Greve de funcionários dos Correios afeta Araraquara e cidades da região

Mais de 100 mil funcionários dos Correios entraram em greve por todo o Brasil, incluindo Araraquara, que faz parte da região de Ribeirão Preto. A categoria contra o processo de privatização já sinalizada pelo Governo Federal, pelo corte de direitos e benefícios e a falta de respeito à vida dos trabalhadores em meio a pandemia. Na região, a paralisação é por tempo indeterminado. 

Em Ribeirão Preto, funcionários tomaram o centro de distribuição da região em Ribeirão Preto nesta terça-feira (18) desde o primeiro minuto do dia. Com a greve, os trabalhadores estão bloqueando a entrada e a saída dos caminhões que distribuem as encomendas, além de aguardar uma manifestação da empresa sobre as reivindicações.

A paralisação é nacional e na região é um movimento considerado forte, com aproximadamente 70% dos trabalhadores participando, inclusive os de Araraquara. A decisão por aderir a greve na região foi tomada ontem (17), em uma assembleia realizada em Ribeirão Preto com funcionários de diferentes cidades.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores dos Correios na Região de Ribeirão Preto (Sintect-RPO), a empresa não cumpre um acordo do ano passado, que valeria por dois anos. Com a pandemia, uma discussão de acordo coletivo teria sido feita, retirando benefícios que reduzem a remuneração na casa de 35 a 40%. "O Sindicato ressalta que o objetivo não é lutar por melhores salários, mas apenas pela manutenção do mesmo nas condições atuais. Ainda não há estimativa de quanto tempo a greve vai durar e nem em relação à quantidade de trabalhadores parados". 

Sobre Araraquara, tudo está funcionamento em Araraquara, porém com trabalhadores parados. O atendimento está funcionando com aproximadamente 50% e a distribuição tem cerca de 30% em serviço. A decisão em Ribeirão Preto também afeta serviços em Américo Brasiliense, Ibaté e Boa Esperança do Sul. 

[caption id="attachment_15217" align="alignnone" width="579"]
Funcionários no centro de distribuição em Ribeirão Preto - SP.[/caption]

 

Sobre a situação, o Araraquara Agora procurou os Correios, no entanto ainda não obteve resposta. 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »