16/11/2020 às 07h52min - Atualizada em 16/11/2020 às 07h52min

Juca Tavoni vence em Trabiju, mas decisão será na Justiça

Os votos de Juca Tavoni (MDB) e Rodrigo da Cajari (PV) não foram validados em Trabiju no sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O candidato venceu por poucos votos de diferença neste domingo (15). Agora, a situação ficará nas mãos da Justiça. 

Juca Tavoni (MDB) estava indeferido com recurso para disputar as eleições em Trabiju ao lado de Rodrigo da Cajari (PV) contra Marcelo Fonseca (DEM) e João Francisco (PSDB). Ele teve as contas rejeitadas pela Justiça de Ribeirão Bonito. Além disso, uma das coisas que pesou para o indeferimento da candidatura foi o fato de ter renunciado ao cargo de prefeito após uma denúncia ter sido aberta. 

A eleição na cidade foi acirrada, urna a urna, até o fim. Juca Tavoni (MDB) e Rodrigo da Cajari (PV) venceram Marcelo Fonseca (DEM) e João Francisco (PSDB) por 22 votos de diferença. O resultado foi de 689 votos (50,81%) contra 667 (49,19%). O município teve 9 brancos, 33 nulos e 176 abstenções.

No entanto, a coligação de Marcelo Fonseca (DEM) e João Francisco (PSDB) fez a maioria na Câmara Municipal, elegendo cinco candidatos como vereadores. Fato que pode pesar a partir do dia 1º de janeiro, pois os vereadores vão eleger um novo presidente da Câmara, que pode assumir a prefeitura da cidade enquanto não tiver uma decisão da Justiça sobre a eleição para prefeito. 

Veja a lista de vereadores que foram eleitos em Trabiju: 

Vereador eleito Quantidade de votos
Giovani Ferro (DEM) 109 votos
Leandro do Crésio (MDB) 104 votos
Bitchola (PSDB) 97 votos
Robinho (DEM) 87 votos
Vanderlei Amaral (MDB) 80 votos
Loro (PV) 63 votos
Marina (MDB) 63 votos
Biro (PSDB) 63 votos
Marizinha (DEM) 47 votos

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »