26/08/2021 às 18h25min - Atualizada em 26/08/2021 às 18h25min

Transmissão da variante delta já pode ser considerada comunitária em Araraquara

Secretária de Saúde, Eliana Honain, informou que pacientes não têm proximidade familiar

Confirmação de casos da variante delta acontece na mesma semana em que aglomeração tomou conta da Bento de Abreu - Reprodução: redes sociais

A presença da variante delta em Araraquara foi confirmada nesta quinta-feira (26) com o registro de sete casos da nova cepa. A constatação foi feita pelo laboratório de Análises Clínicas da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Unesp Araraquara e já pode-se dizer que a transmissão é comunitária na cidade.

Após o anúncio feito pela prefeitura de Araraquara sobre a confirmação dos casos da variante delta, o portal Araraquara Agora entrou em contato com a secretária de Saúde, Eliana Honain. Segundo ela, os sete pacientes diagnosticados
com a cepa indiana, entre eles, dois bebês não têm proximidade familiar.

Leia também: Bebês estão entre os pacientes com variante delta em Araraquara

Com isso, Eliana Honain foi questionada se então poderia se dizer que a cepa indiana tem transmissão comunitária na cidade. Em resposta, a secretária de Saúde confirmou que sim. Ou seja, a variante delta já circula entre as pessoas e pode continuar se espalhando. A transmissão é coletiva.

Um alerta feito pelo Comitê de Contingência do Coronavírus de Araraquara foi justamente sobre um maior contágio da cepa. "
De acordo com estudos realizados e divulgados pela OMS (Organização Mundial de Saúde) a variante Delta tem transmissibilidade 97% maior do que a cepa original do coronavírus, que teve origem na China, embora não se tenha confirmações sobre a maior agressividade da cepa", avisou.




A confirmação dos sete casos da variante delta acontece na mesma semana em que jovens esqueceram a pandemia e invadiram a Bento de Abreu, promovendo uma grande aglomeração. O acontecimento da noite de domingo (22) gerou revolta em muitos araraquarenses, inclusive, pelas redes sociais. Na época, a prefeitura disse que foi pega de surpresa (veja clicando aqui).

Em seguida, na segunda-feira (23), entrou em vigor o decreto que se adequou ao Plano São Paulo e retirou as restrições das atividades econômicas. No entanto, vale lembrar que não foi exatamente uma "liberação geral", visto que a obrigatoriedade de máscaras continua, assim como recomendações de distanciamento e outros protocolos.

"E
ra só uma questão de tempo"

Ao anunciar a confirmação de sete casos da variante delta, a prefeitura de Araraquara, por meio do Comitê de Contingência, salientou que a chegada da cepa indiana na cidade "era só uma questão de tempo em virtude da confirmação da sua circulação em várias cidades da região".

Os casos da variante delta em Araraquara

De acordo com a secretária Saúde, Eliana Honain, o monitoramento tem sido recorrente a fim de detectar qual a variante do vírus que circula predominantemente no município. Em nenhum desses envios semanais de materiais coletados a variante havia sido confirmada. Porém, nesta semana, foram enviadas à Unesp 45 amostras e, dessas, 7 vieram positivadas para a Delta, representando 15% do total.

Ainda conforme informado, nenhum dos pacientes identificados com a nova variante está internado ou apresentando sintomas graves da doença. "Todos estão sendo monitorados pelas equipes de bloqueio da Secretaria Municipal de Saúde e estão clinicamente bem. Uma delas, inclusive, já saiu do período de transmissibilidade. Vale reforçar ainda que os comunicantes desses positivados estão sendo também monitorados para evitar descumprimento da quarentena e também verificar aparecimento de sinais e sintomas", disse a prefeitura.


 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »