01/08/2022 às 10h26min - Atualizada em 01/08/2022 às 10h26min

Agosto Dourado: mês tem como objetivo reforçar a importância da amamentação para o desenvolvimento dos bebês

Fonoaudióloga Andressa Alda explica o papel da fonoaudiologia nessa primeira fase da vida

Foto: Elza Fiúza/ Agência Brasil

Leia Também:
Veja quem pode e onde se imunizar contra a Covid-19 e a Gripe em Araraquara.




Relacionada ao padrão ouro de qualidade do leite materno, a cor dourada foi dedicada ao mês de agosto para simbolizar a luta pelo incentivo a amamentação. Há cerca de vinte anos, especialmente entre os dias 1º e 7 de agosto acontecem ações no mundo todo com o objetivo de promover o aleitamento exclusivo até o sexto mês de vida, se estendendo com introdução alimentar até os dois anos ou mais. Em 2022, o tema da campanha é “Fortalecer a amamentação: educando e apoiando”.


Segundo a fonoaudióloga Andressa Alda, também se entende que a “Golden Hour” é a primeira hora depois do nascimento do bebê. Dessa forma, logo na primeira hora de vida, ainda na sala do parto, é de extrema importância incentivar o contato pele a pele, a amamentação, sob a orientação de um profissional especializado. “O leite materno é a base da vida, pois não apenas nutre o recém-nascido, mas também fortalece o vínculo mãe-bebê.”

 

Fonoaudiologia na amamentação


Alda também comenta que apesar de a amamentação apresentar inúmeros benefícios relacionados à alimentação do bebê, para os fonoaudiólogos, esse momento também representa a preparação para a fala. “O aleitamento materno estimula o crescimento osteomuscular harmonioso, promovendo o equilíbrio da língua, arcadas dentárias, musculatura oral e a respiração nasal.”


Portanto, devido ao seu conhecimento profissional do adequado crescimento das estruturas e desenvolvimento das funções do sistema estomatognático, o fonoaudiólogo é o profissional indicado para orientar e acompanhar esse processo que vai desde o posicionamento do bebê, pega correta, avaliação da sucção do neonato, dentre outros aspectos. 


Principais benefícios da amamentação em relação à comunicação:


 

  • O aleitamento materno fortalece os músculos dos lábios, boca e língua, preparando esses órgãos para o aprendizado da fala;
  • A amamentação é um aprendizado para a mãe e o bebê, o que fortalece os laços afetivos;
  • A sucção é uma atividade que prepara a fala da criança e, inclusive, previne alguns problemas fonoaudiológicos;
  • A amamentação fortalece o vínculo mãe-bebê, tornando a criança mais segura e confiante para se expressar;
  • O bebê que suga no peito da mãe aprende a respirar corretamente, ou seja, pelo nariz;
  • O contato corpo a corpo do bebê com a mãe durante as mamadas desenvolve melhor as atividades psicomotoras, como sustentar a cabeça, rolar, sentar e engatinhar;
  • A amamentação previne a ocorrência de infecções de ouvido;
  • Mamar no peito contribui para as funções de mastigação e deglutição dos alimentos.


 

Diante desse cenário, a especialista ainda reforça que o fonoaudiólogo também é o profissional capacitado para orientar, avaliar e acompanhar possíveis alterações intraorais que venham a ocorrer com o bebê durante o processo de amamentação.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »