20/09/2022 às 16h13min - Atualizada em 20/09/2022 às 16h13min

Domingo (25): viola, artesanato e contação de história no Choro das Águas

Programação acontece na Praça do Daae, na Fonte Luminosa

Flor Morena

Flor Morena e Léo Martins levam suas violas para o Choro das Águas deste domingo, 25 de setembro, com a apresentação de "A Viola Canta Clássicos (instrumental)". A programação apresenta ainda: Feira de Artesanato e a contação de história "Tem uma Cinderela na minha roça", com a Cia. Tal Tatu. As atividades do Choro das Águas, realizadas pela Secretaria Municipal da Cultura e Fundart, são gratuitas e são realizadas na Praça do Daae – Fonte Luminosa.

A programação tem início com a Feira de Artesanato, reunindo artesãos da cidade e região, a partir das 16 horas. O trabalho manual, fonte de renda para muitos, é incentivado e é o carro-chefe da feira que revela muitos artistas com seus trabalhos criativos e originais, com ótimas e variadas opções de presentes.

Depois, às 16h30, tem atividade infantil com a contação de história "Tem uma Cinderela na minha roça", com a Cia. Tal Tatu e os atores Elaise Silva e Rick Silva. A contação de história infantil é de classificação livre, voltada principalmente para a segunda infância.

Além de ser um novo olhar sobre um dos maiores clássicos infantis, a Cia. Tal Tatu interage com o público infantil, incentivando a criatividade e trabalhando temas como coletividade e colaboração, além de buscar elementos regionais da cultura popular brasileira, como a quadrilha, que enriquecem a história.

Através de uma arara de roupas e com as instruções do contador, as crianças poderão transformar a contadora, na protagonista da nossa história, preparando-a para o desfecho que se concretiza num grande bailado com todos presentes.

Flor Morena e Léo Martins apresentam "A Viola Canta Clássicos (instrumental)" a partir das 18 horas. Com duas violas caipiras e um violão, a dupla interpreta grandes clássicos, resgatando não somente a música sertaneja de raiz, como também outras vertentes como: MPB, samba de raiz e grandes clássicos do rock nacional, mostrando o lado versátil da viola caipira, sem perder a essência.

O repertório apresenta canções variadas, com a influência de: Almir Sater, Demônios da Garoa, Guns N' Roses, João Mulato e Douradinho, Os incríveis, Rappa, Tonico e Tinoco – entre outros.

Vale destacar que a Flor Morena – ou Jenifer Silva Julio – é violeira, professora de viola caipira e compositora e se aperfeiçoou na arte de tocar viola, estendendo o ensino à diversas outras pessoas amantes deste instrumento. Jenifer levanta a bandeira da música sertaneja de raiz interpretando grandes clássicos sertanejos e participa de vários projetos com músicos e artistas renomados dentro da música raiz.

Já Léo Martins - Leonardo Luiz Martins - é músico, arranjador, cantor, violeiro e violinista. Em 2014 se interessou pela viola caipira e iniciou os estudos na Escola Sinfonia de Viola; depois, em 2021, começou os estudos no violão popular, buscando expandir seu repertório. Ainda, estudou teoria musical a fim de trazer para o sertanejo raiz, o estudo teórico, que, segundo o músico, nos dias de hoje ainda é pouco utilizado no estudo da viola caipira.

A programação do Choro das Águas é gratuita e realizada na Praça do Daae - Fonte Luminosa, localizada na Rua Napoleão Selmi Dei, 26, na Vila Harmonia, próximo ao Gigantão.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »