Araraquara Agora Publicidade 1200x90
Araraquara Agora Publicidade 728x90
11/11/2022 às 14h34min - Atualizada em 11/11/2022 às 14h34min

O que fazer para vender ou expor nas feiras de Araraquara?

Organizadores das feiras da cidade explicaram como as pessoas podem se inscrever e trabalhar nas feiras; veja

Por Rian Fernandes
GiraFeira é uma das feiras organizadas em Araraquara - Foto/Divulgação: Coletivo GiraFeira
Feiras acontecem semanalmente em Araraquara e podem alavancar as vendas de artesãos, comerciantes de produtos culinários e também de outros segmentos. Para além disso, realizadas por coletivos com o apoio da Prefeitura de Araraquara, geralmente elas contam com programações artísticas e ações de conscientização. Mas afinal, como fazer para vender ou expor produtos nas feiras? 

Diante da dúvida de internautas da cidade que pretendem gerar renda e que procuraram o portal Araraquara Agora, a equipe de jornalismo falou com representantes das feiras e obteve orientações para pessoas que têm o interesse em participar. Veja abaixo como funciona o ingresso em cada feira: 

Feira Tô Em Casa



A Feira Tô Em Casa é formada por artesãos, inclusive pessoas do ramo culinário. A organização é feita pela WhatsApp, em que a pessoa interessada inicialmente faz uma primeira conversa com a organizadora da feira, Selma Ferreira. Com ela é feito um cadastro e, após isso, o comerciante é adicionado no grupo. "No grupo ela [a pessoa] vai ter acesso ao que acontece nas feiras, as datas das feiras e vamos conversando, fazendo listas de quem participará e o que vai acontecer. As minhas feiras geralmente são temáticas, então a gente conversa bastante. Tudo eu converso com elas. Todas as ideias, para que elas também ajudem", destacou a coordenadora da Feira Tô Em Casa, Selma Ferreira.

Ela também enfatizou que a participação pode ser feita com produtos de várias áreas, inclusive, da culinária. "Produtos culinários entram também porque não deixa de ser uma arte. O artesanto é bem amplo. Ele pega várias áreas. Todo mundo, quando pensa em artesanato, pensa em um negócio feito de crochê, escupildo na madeira, um quadro... Mas não, ele é amplo. A tecnologia levou as pessoas muito além. Então nós temos produtos na feira interessantes. Artesanatos com plantas, tecidos, madeira, couro... É bem amplo". 

As pessoas interessadas em participar da Feira Tô em Casa devem entrar em contato com a Selma Ferreira, pelo WhatsApp: 16 99742-0666. 

GiraFeira



A GiraFeira reúne artesãos e empreendedores informais de Araraquara com diversos tipos de produtos: itens de decoração, brinquedos, perfumaria, culinária e vários outros. Para participar do evento organizado pelo Coletivo GiraFeira não é preciso fazer um cadastro. As pessoas devem participaram d eum grupo no WhatsApp para ter informações, como as datas, locais e regras. 

As pessoas interessadas em participar podem entrar em contato com o organizador Marcos Cesar, por meio do número: 16 99612-3805. O coletivo também tem uma página no Facebook em que é possível ter informações e fotos das feiras realizadas: facebook.com/girafeira

Feira do Pôr do Sol, Feira da Lua e Feira do Botânico



Helayne Moura é uma das organizadoras e também participante das feiras do Pôr do Sol, da Lua e do Botânico, que reúnem dezenas de artesãos e empreendedores de Araraquara. Ela explica como as pessoas podem participar das feiras. "Não fazemos cadastro porque a quantidade de expositores é flutuante. Mas quando a pessoa interessada vem falar comigo, pergunto sobre o seu trabalho. Assim já é o suficiente para começar a trabalhar nas feiras", conta ela. 

As pessoas interessadas em participar de uma das três feiras podem entrar em contato com a Helayne pelo número: (16) 98153-5840. 

RolêFeira


A RolêFeira também é uma das feiras organizadas em Araraquara e reúne diversos segmentos: serviços, usados e antiguidades, artesanato em geral, alimentações, bebidas e confecção. No entanto, é preciso que a maior parte da produção seja artesanal. 

A feira é organizada pelo Coletivo Rolê, formado por seis mulheres, uma delas é a Grazielle Matos. Ela conta que a RolêFeira não tem um grupo fechado e as inscrições são abertas a cada nova edição. "A gente abre inscrição via formulário on-line, geralmente com quase 30 dias de antecedência da data da feira. O formulário é aberto para todo mundo que quer participar", explica. 

No entanto, não é possível comportar, segundo ela, todos que se inscreverem e por isso há critérios para que as pessoas inscritas sejam escolhidas, um deles é justamente a valorização de quem não tem loja física. 

O formulário de inscrição de cada edição da RolêFeira é feito por meio do Google e divulgado no Instagram (clique aqui) e pelo Facebook (clique aqui). Além de acompanhar as redes sociais do coletivo, as pessoas também podem encontrar mais informações por meio do site: portalrole.org 

Vale lembrar ainda que inscrições já estão abertas para a RolêFeira Natal, que acontecerá no dia 11 de dezembro. Os formulários devem ser preenchidos pelos expositores até o dia 14 de novembro. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »