27/04/2021 às 17h12min - Atualizada em 27/04/2021 às 17h12min

Buffets de Araraquara questionam testagem em massa para eventos e pedem socorro

Questionada, a Prefeitura preferiu o silêncio

Imagem/Divulgação: Campanha criada pelos buffets de Araraquara - Redes sociais
Buffets de Araraquara se organizaram para questionar a Prefeitura de Araraquara sobre a obrigatoriedade de protocolos diferentes do que os impostos a estabelecimentos similares, como bares, clubes e restaurantes. "Nosso setor pede socorro!" é uma das principais mensagens em uma publicação que circula pelas redes sociais e destaca algumas das dificuldades enfrentadas durante as restrições estabelecidas em meio ao coronavírus. 

Na publicação, o setor de buffets questiona a Prefeitura sobre a obrigatoriedade de apresentar um laudo de teste negativo emitido em um prazo inferior a 48 horas para todos com idade superior a 16 anos, sendo que outros estabelecimentos, como bares, clubes e restaurantes não precisam. "A lógica dos testes é irrealista Numa Araraquara que passa fome, exigir testes caros é uma afronta com a gente e com nossos clientes. Nos deixem trabalhar, precisamos sobreviver", salientou um buffet da cidade por meio das redes sociais.

A campanha criada pelos buffets e que circula pelas redes sociais também fala da importância de uma flexibilização. "Precisamos que a flexibilização do nosso setor seja igual aos segmentos similares. Somos o único setor que não teve a oportunidade de trabalhar nesse ano de pandemia", ressalta. 

O Araraquara Agora procurou a Prefeitura de Araraquara para falar sobre o caso e responder sobre a diferença na obrigatoriedade dos protocolos. No entanto, nossa equipe não obteve resposta. 

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »