Araraquara Agora Publicidade 1200x90
Araraquara Agora Publicidade 728x90
04/05/2022 às 17h09min - Atualizada em 04/05/2022 às 17h09min

"Queremos uma reunião presencial com a administração", diz Sismar

Servidores públicos municipais seguem na busca do reajuste salarial; Prefeitura não respondeu se haverá conversa direta com sindicato

O Sindicato dos Servidores Municipais de Araraquara e Região fez uma publicação nesta quarta-feira (4) salientando que quer uma reunião presencial com a administração para negociar a reivindicação do reajuste salarial dos funcionários públicos. 

O próprio sindicato divulgou que teve uma agenda na Câmara Municipal. "Hoje conseguimos uma agenda na Câmara para tentar apoio nesse novo capítulo, uma vez que tudo é política, iremos junto com a comissão de servidores e vamos dando passos conscientes. Sem que alguém do governo, o prefeito no caso, sente e converse, esclareça os pontos que dão inúmeras interpretações e pagadinhas e que repito, já foram rejeitadas, não tem muito avanço. Essa atitude de mandar seus subordinados colocarem qualquer coisa no papel, sem nexo algum com o que foi enviado como proposta, é mostrar que um só dos lados está tentando conversar", disse uma publicação do Sismar.

Logo após o término do encontro, integrantes da reunião disseram em uma transmissão nas redes sociais do Sismar que a agenda com a presidência da Casa de Leis teve uma conversa produtiva. "O [presidente da Câmara] Boi e toda a Câmara está do nosso lado. Eles falaram que se o projeto entrar, vão segurar, até que a gente tenha um entendimento de que possa votar". 
Os representantes também completaram: "Nós precisamos sentar na mesa com a administração, com seus secretários, para a gente deixar essa proposta no mínimo aceitável". 

Diante do pedido, mais uma vez, público de sentar para dialogar com a administração municipal, o portal Araraquara Agora procurou a assessoria da Prefeitura de Araraquara para saber sobre um possível encontro com os servidores. Porém, não houve nenhum tipo de retorno e caso isso aconteça, a matéria será atualizada. 

A nova proposta da Prefeitura


Dias atrás uma nova proposta de reajuste salarial para a categoria foi apresentada pelo prefeito Edinho Silva, após uma intermediação da Câmara Municipal. De acordo com o documento, que ainda não foi protocolado para discussão em sessão, os 5% serão pagos aos servidores de uma só vez e não em duas vezes, como na proposta anterior.

“Continuam os 5%, mas de uma vez só para receber em agosto, válido para o pagamento de setembro. Não é fechado. Isto é outra proposta que ele (Edinho) deu. A gente agradece o empenho da Câmara”, ressaltou Gustavo Jacobucci, presidente do Sismar, na época.

O documento ainda ressalta a questão do PCCV e reajuste no ticket dos trabalhadores. Segundo o Sismar, o ticket passará para R$740,00, com R$440,00 fixos, no mês de junho. Porém o servidor poderá perder R$300,00 do valor, a partir do terceiro atestado que apresentar no ano.

“Isto a gente vai ter que conversar muito”, enfatizou Jacobucci.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »