19/06/2020 às 15h10min - Atualizada em 19/06/2020 às 16h06min

Pipas triplicam interrupções de energia durante o isolamento

Por Rian Fernandes

As pipas causaram o triplo de interrupções na rede de energia da CPFL Paulista durante o isolamento social. A brincadeira, popular entre várias idades, é divertida, porém é perigosa quando praticada perto de fios de energia elétrica. Entre os meses de abril e maio deste ano foram registradas 18 interrupções causadas por pipas somente em Araraquara, um aumento de 12 em relação ao mesmo período de 2019. 

Em toda a área de atuação da CPFL Paulista, foram registrados 832 casos de interrupção elétrica por conta de pipas entre os dois meses que tiveram o levantamento neste ano. A quantidade é o triplo em relação ao mesmo período do ano passado. Na região de São Carlos e Araraquara, o resultado da análise não foi diferente, visto que foram registradas 79 paradas elétricas em abril e maio, contra 28 ocorrências em 2019. 

Confira o levantamento da CPFL Paulista nas cidades da região de Araraquara e São Carlos:

INTERRUPÇÕES CAUSADAS POR PIPAS

?

?

MUNICÍPIO

ABRIL/MAIO - 2019

ABRIL/MAIO - 2020

SÃO CARLOS

7

19

ARARAQUARA

4

18

MATÃO

6

14

IBITINGA?

1

6

IBATÉ

2

4

AMÉRICO BRASILIENSE

2

3

RIBEIRÃO BONITO

1

3

TAQUARITINGA

1

3

ITÁPOLIS

3

2

DESCALVADO

0

1

DOBRADA

0

1

DOURADO

0

1

MOTUCA

0

1

NOVA EUROPA

0

1

RINCÃO

0

1

SANTA LÚCIA

1

1

TOTAL

28

79

As interrupções, segundo a CPFL Paulista, se dão porque muitas pipas ficam enroscadas nos fios, causando o corte no fornecimento nos meses seguintes. Isso ocorre pelo fato da linha e da pipa se tornarem condutoras de energia com as chuvas, quando enrolada nos cabos elétricos. A empresa ainda alertou que não se deve, de maneira alguma, tentar resgatar uma pipa enroscada na rede, pois além de poder provocar desligamentos, pode causar acidentes com vítimas fatais. "Se acontecer de o brinquedo ficar preso em um fio, a melhor atitude é dá-lo como perdido", diz em nota. 

Além disso, a empresa salientou que "no estado de São Paulo é crime de acordo com a lei estadual nº 12.192, de 2006, usar o cerol ou a chamada “linha chilena”. Por conduzirem eletricidade, em contato com a rede elétrica, aumentam o risco de choques. Por conta do seu poder cortante, essas linhas podem romper os cabos da rede e provocar curtos-circuitos, além de colocar em risco a vida de ciclistas e motociclistas". 

Barulho na madrugada de quarta-feira (17), em Boa Esperança do Sul 

Barulho1

Barulho1

Moradores de Boa Esperança do Sul, cidade próxima de Araraquara, se assustaram durante a madrugada de quarta-feira (17), quando estouros e outros barulhos foram ouvidos por todo o município, seguido de uma queda de energia. 

[gallery ids="8397,8398" columns="2"]

Algumas pessoas chegaram a achar que agências bancárias da cidade seriam assaltadas. Já outras relataram, nas redes sociais, o misterioso barulho e até mesmo brincaram com uma “invasão alienígena”. No entanto, o motivo dos sons pode ter sido totalmente diferente.

 

Barulho4

Barulho4

Em nota, a CPFL Paulista esclareceu que registrou durante aquela madrugada interrupção de energia em alguns bairros da cidade, causada pelo rompimento de condutores danificados por pipa. De acordo com a empresa, o rompimento se deu em cabos do sistema de distribuição “já afetados pelas linhas com cerol”. 

Além disso, a companhia ressaltou que “segue monitorando toda a sua área de cobertura e possui equipes capacitadas para solucionar rapidamente problemas da mesma natureza que possam acontecer durante as próximas noites.”

A CPFL Paulista elaborou ainda 10 lições, com dicas e alertas, para deixar a brincadeira de empinar pipa mais segura:

1 - Empine pipas longe de rede elétrica, em locais onde não exista nenhum tipo de cabo de energia;

2 - Dê preferência a espaços abertos como praças, parques e campos de futebol para usar o brinquedo

3 - Evite também soltar pipas em canteiros centrais de ruas, avenidas ou rodovias, locais onde existe fluxo de veículos;

4 - Nunca use cerol ou a linha “chilena”, eles são proibidos por lei (Lei Estadual - Nº 12.192, de 2006);

5 - Evite também as “rabiolas”, pois elas enroscam nos fios elétricos, desligando o sistema, podendo provocar choques elétricos, muitas vezes fatais;

6 - Utilizar papel alumínio na confecção da pipa é perigoso, pois este material pode provocar curtos-circuitos;

7 - Caso a pipa enrosque nos fios, não tente soltá-la. O melhor a fazer é desistir do brinquedo;

8 - Nunca tente resgatar ou remover uma pipa com canos, bambus, ou laçar o brinquedo na rede elétrica com uso de linhas. Essas atitudes podem representar sério risco à vida; 

9 - Não solte pipas em dias de chuva, com incidência de descargas atmosféricas (raios). Ela funciona como para-raios, conduzindo energia;

10 - Não se deve subir nas lajes das casas para empinar a pipa. Nesse caso, além de se aproximar da rede elétrica, qualquer distração pode causar uma queda.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »