Araraquara Agora Publicidade 1200x90
Araraquara Agora Publicidade 728x90
16/05/2022 às 14h03min - Atualizada em 16/05/2022 às 14h03min

Prefeitura de Araraquara faz leilão de veículos, sucata e outros itens

Lances iniciais variam e chegam a até R$ 18 mil

A Prefeitura de Araraquara vai leiloar veículos máquinas, caminhões e outros itens. A informação foi confirmada pelo próprio Executivo, que diz que o objetivo é angaria recursos para a aquição de novos bens permanentes. 

Pela internet, um leilão já está disponível para a consulta de informações. São 34 bens e os lances iniciais variam entre R$ 300 e R$ 18 mil. O certame está marcado para o dia 1 de junho e será o primeiro "leilão onlie em pool" promovido por um município brasileiro. O evento acontece por meio da Bomvalor Cooperex, que integra a 
Rede Bomvalor, um ecossistema de sistemas e serviços e a única empresa da América Latina a utilizar a tecnologia blockchain na área de leilões online.


Entre os 34 bens que serão leiloados no dia 1 de junho, estão sete ambulâncias, três veículos de passeio, dois utilitários do tipo pick-up, um caminhão e outros lotes de sucatas diversas. Informações detalhadas sobre o leilão, inclusive os itens, estão disponíveis na página da Bomvalor Cooperex.

Em nota, a Prefeitura destacou que "abriu licitação para contratação de leiloeiro oficial, conforme edital no 005/2022, com o objetivo de realizar a venda, por meio de leilão público eletrônico, de veículos, máquinas, caminhões, entre outros itens, todos inservíveis, numerados e relacionados por lote. Uma Comissão de Levantamento, Avaliação, e Reavaliação Patrimonial foi nomeada para vistoria, avaliação, organização e elaboração de laudos relacionados aos bens móveis inservíveis e antieconômicos". 

O objetivo do certame, segundo a Prefeitura, é angarir recursos para a compra de novos bens. Também existe a expectativa de reduzir custos para manutenção dos itens. "Vale destacar ainda que, ao armazenar tais bens os locais viram focos de criação de insetos que prejudicam à saúde, causando enorme prejuízo à coletividade", explicou o Executivo. 

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »