Araraquara Agora Publicidade 1200x90
Araraquara Agora Publicidade 728x90
03/11/2022 às 13h51min - Atualizada em 03/11/2022 às 13h51min

SP aplicou mais de 260 multas para condutores que não liberaram rodovias

Segundo o governo estadual, mais de 334 pontos de bloqueio foram desfeitos pela PM em SP

Com informações do Governo do Estado de São Paulo
Foto/Divulgação: Governo do Estado de São Paulo

A Polícia Militar do Estado de São Paulo aplicou mais de 260 multas, no valor de R$ 100 mil, para condutores que desrespeitaram a determinação de liberação de vias. A informação foi divulgada pelo governo estadual na manhã desta quinta-feira (3). 

Conforme informado, até às 10h a PM havia desfeito 334 pontos de bloqueio e realizado 365 ações de liberaçãop em avenidas da capital e em rodovias estaduais e federais pelo território paulista. "Mais de 260 multas, no valor de R$ 100 mil, foram aplicadas aos condutores que desrespeitaram a determinação de liberação das vias", enfatizou o governo estadual. 

De acordo com o detalhamento do governo estadual, na segunda-feira (31), 13 pontos foram liberados, na terça-feira (01) foram 64 e, ontem (2) foram 208 vias desobstruídas. A atuação das tropas do Choque, dos Baeps e dos comandos de policiamento locais possibilitou a remoção dos bloqueios, garantindo o direito de ir e vir da população.

Na tarde de ontem, a Rodovia Castello Branco foi liberada por equipes do Batalhão de Choque da PM por meio de ação de controle de distúrbios, em que foram utilizados o veículo lançador de água e o veículo blindado guardião. Segundo o Governo do Estado de São Paulo, não houve registro de feridos. 

Em Paulínia, policiais militares realizaram a desobstrução de estradas e saídas de importantes distribuidoras da cidade. Após a ação, a Polícia Civil foi acionada e realizou diligências nas refinarias. Agentes da Delegacia de Paulínia se deslocaram para outro ponto, na Rodovia SP 332, onde a equipe dialogou com um grupo de pessoas que estava no acostamento da via.

Vale lembrar que na noite desta quarta-feira (2), Jair Bolsonaro (PL) fez um pronunciamento pedindo para que manifestantes, que buscam uma ruptura democrática, desobstruíssem as rodovias. A fala do presidente aconteceu horas depois do atropelamento em Mirassol. 

Veja abaixo o pronunciamento feito pelo presidente: 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »