19/03/2020 às 17h40min - Atualizada em 19/03/2020 às 17h40min

Sismar denuncia falta de EPI's na UPA; Prefeitura rebate

Em meio a pandemia de coronavírus o Sindicato dos Servidores Municipais de Araraquara (Sismar), afirma que a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Central está com falta de Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) para os funcionários. A informação foi divulgada nas redes sociais do sindicato. O texto afirma que ao fazer uma visita no local na noite de quarta-feira (18), foi constatada a falha no fornecimentos dos materiais. A Prefeitura estaria ciente do problema. “ Foi identificada omissão da Prefeitura na tomada de providências no sentido de organizar a espera de pacientes e acompanhantes, no intuito de minimizar os riscos de transmissão de pessoa para pessoa, bem como na total ausência de treinamento específico no combate à pandemia do COVID-19”, diz trecho do documento. O Sismar afirma que formalizou a denúncia junto ao Ministério Público do Trabalho (MPT) para que seja aberto um procedimento de investigação ou até mesmo que seja instaurado um Inquérito Civil. Procurada a Prefeitura de Araraquara informou que "está empenhada na aquisição desses materiais para suprir toda a rede. Os materiais que conseguiu adquirir estão sendo distribuídos, sempre dando prioridade à rede municipal de saúde e espaços de uso comum. É importante ressaltar que há uma carência de muitos desses materiais no mercado devido a alta procura. Cabe salientar também que a principal orientação é que o álcool em gel seja utilizado somente em locais que não há disponibilizado água corrente e sabão para lavagem das mãos. Apenas a higienização das mãos com água e sabão já é suficiente para se prevenir contra o vírus do COVID-19. É importante reforçar também que as máscaras de proteção devem ser utilizadas apenas por quem está apresentando algum sintoma da doença e funcionários do serviço de saúde, o que evita que a procura desnecessária pelo produto cause desabastecimento no mercado", conclui o texto.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »