17/03/2021 às 11h02min - Atualizada em 17/03/2021 às 11h02min

Mulheres já têm o direito de desembarcar dos ônibus fora dos pontos fixos

As araraquarenses já têm o direito de desembarcar dos ônibus fora dos pontos fixados. A medida chamada "Parada Segura" tem como objetivo oferecer mais segurança e teve o horário estendido, começando a valer às 20h e não apenas às 22h. 

Em fevereiro, o presidente da Câmara Municipal de Araraquara, vereador Aluísio Boi (MDB), se reuniu em seu gabinete com a presidente do MDB Mulher, Suzelaine Pedroni, e com a presidente do MDB Diversidade, Jacqueline Helena Fonseca da Silva, que pediam a intervenção do parlamentar para uma mudança no horário de início da “Parada Segura”.

“Buscando mais segurança para as mulheres, elas reivindicavam que o horário fosse estendido, começando às 20 horas e não apenas às 22 horas, como acontece hoje. Como a maioria das atividades obrigatoriamente devem paralisar suas atividades nesse horário, a cidade está praticamente vazia, o que aumenta o perigo, em especial nos locais mais afastados”, ressaltou o parlamentar. Com isso, uma indicação foi protocolada para pedir que a Prefeitura adotasse a medida.

A “Parada Segura” é uma lei que garante às mulheres o direito de desembarcar dos veículos de transporte coletivo urbano, fora dos pontos fixados, depois das 22 horas. Os motoristas dos ônibus ou micro-ônibus devem parar, dentro da rota, no lugar em que a pessoa do sexo feminino pedir.

Em pleno mês dedicado às mulheres, a medida foi autorizada e já passou a vigorar em Araraquara. Boi fez questão de salientar a sensibilidade e a rapidez para analisar e viabilizar a medida. “Agradeço à Prefeitura e todas as equipes das áreas ligadas ao assunto. Essa é mais uma demanda encaminhada pelo nosso gabinete, em benefício de grande parte da população, que foi atendida e que já está valendo, em razão do Decreto nº 12.500, de 2 de março de 2021, que autoriza, no período de vigência do estado de calamidade pública decorrente da pandemia da Covid-19, a realização de desembarque de mulheres dos veículos de transporte público coletivo fora dos pontos, a partir das 20 horas. Podemos classificar como um triunfo em favor da segurança das mulheres e de toda a sociedade”, disse ele.

Ao saber do encaminhamento, Suzelaine Pedroni escreveu em suas redes sociais que “foi uma grande conquista do MDB Mulher e de todas as usuárias do transporte coletivo de Araraquara”, dizendo-se grata pelo vereador Aluísio Boi “sempre nos atender tão bem e estar lado a lado com o MDB Mulher, em defesa da mulher araraquarense”.

 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Zap
Atendimento
Oi, eu sou Willian Oliveira. Precisa de ajuda? Aqui você pode sugerir pauta, falar com nosso departamento comercial, estamos a sua disposição