31/03/2021 às 09h10min - Atualizada em 31/03/2021 às 09h34min

“Não desautorizo o comitê”, diz Edinho sobre fechamento dos postos

O prefeito Edinho Silva falou na manhã desta quarta-feira (31) pela primeira vez sobre o polêmico decreto que restringe a circulação de pessoas a partir de hoje e, principalmente sobre o fechamento dos postos. O texto foi muito criticado pela população e até mesmo por seus aliados por ter sido publicado horas antes de começar a valer.

Na noite de terça-feira (31), logo após o portal Araraquara Agora divulgar a informação houve uma corrida para os postos de combustíveis que ficam as margens da rodovia e que poderão continuar abertos.

Edinho Silva, em uma entrevista de rádio, admitiu que o decreto saiu atrasado demais e provocou confusão. “O decreto acabou saindo muito em cima da hora, reconheço a falha, me desculpo com as pessoas que estão sofrendo transtorno por causa disso, inclusive nós vamos estudar a possibilidade de alguma flexibilização em relação a isso, para as pessoas que têm que trabalhar, ou seja, aqueles que comprovarem a necessidade de trabalho”, disse ele.

Apesar de fazer mea-culpa o prefeito garantiu que esse tipo de decisão não parte dele, mas sim do Comitê de Contingenciamento do Coronavírus. O prefeito afirmou, inclusive, que sequer participa dos encontros para que não haja interferência política. Sobre a decisão de fechar os postos, Edinho foi firme. “Não desautorizo o comitê. Foi o comitê, liderado pela Eliana Honain, que nos trouxe até aqui. Foi ele que criou as condições para que a gente enfrentasse a doença, colocasse a cidade em uma situação favorável, mesmo diante da nova cepa que nós sofremos em fevereiro”, defendeu o prefeito.

Edinho justificou a decisão afirmando que a ideia é evitar a presença de pessoas de outras cidades. “Nós notamos um movimento muito forte de pessoas de fora de Araraquara, isso (feriado de Páscoa) não pode virar festa familiar, não pode virar aglomeração, nós não podemos perder tudo que conquistamos até agora, em hipótese alguma. Todas as medidas que estamos tomando agora são para que Araraquara não tenha um momento de festa, aglomeração e consequentemente de contaminação, o que geraria uma terceira onde que seria terrível”, argumentou Edinho Silva.

Sobre alterações no decreto, Edinho não foi claro sobre as alterações e chegou a dizer que postos abertos hoje estariam desrespeitando o decreto que ainda está em vigor e prevê o fechamento.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Zap
Atendimento
Oi, eu sou Willian Oliveira. Precisa de ajuda? Aqui você pode sugerir pauta, falar com nosso departamento comercial, estamos a sua disposição