01/04/2021 às 17h54min - Atualizada em 01/04/2021 às 17h54min

Barreiras sanitárias abordam mais de mil veículos em Araraquara

O primeiro dia de barreiras sanitárias contra a Covid-19 nas entradas de Araraquara neste feriado prolongado da Páscoa, na quarta-feira (31), terminou com 1.124 veículos de fora do município abordados pelas equipes da Prefeitura.

Desses veículos, 24 retornaram para as cidades de origem depois de seus motoristas e ocupantes não conseguirem justificar um motivo essencial para estarem em Araraquara.

Segundo o secretário de Cooperação dos Assuntos de Segurança Pública, coronel João Alberto Nogueira Júnior, motivos de trabalho, doença e assistência a algum familiar doente ou idoso estão entre as justificativas aceitas pela fiscalização.

“Estamos verificando os veículos de fora de Araraquara para verificar os motivos para entrarem na cidade. O objetivo não é multar, mas preservar os moradores de Araraquara das pessoas que entram na cidade por lazer e que podem colocar em risco a segurança sanitária”, explica o secretário.

Para a entrada em Araraquara, é necessário apresentar um teste negativo de Covid-19 feito em até 48 horas antes de passar pela fiscalização. Quem não apresenta o teste, mas alega motivo essencial para estar na cidade, pode ser diagnosticado na hora. Na quarta-feira foram 108 testes aplicados e um positivo.

Participam das fiscalizações nas barreiras sanitárias a Guarda Municipal, agentes de trânsito, fiscais municipais e equipes da Secretaria Municipal de Saúde, com apoio da Polícia Rodoviária.

A antecipação de dois feriados na Semana Santa, que prolongou o feriado de Páscoa para cinco dias em Araraquara (de quarta-feira a domingo), tem como foco principal o isolamento social e a contenção da disseminação do vírus da Covid-19. Para isso, os feriados de Corpus Christi e do Dia da Consciência Negra e dos Orixás deste ano foram transferidos para 31 de março e 1º de abril, respectivamente.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »