01/04/2021 às 18h11min - Atualizada em 01/04/2021 às 18h11min

Prefeitura diz que manifestantes responderão por descumprimento do decreto

Em meio ao coronavírus, a manifestação que ocorreu na Praça Santa Cruz na tarde desta quarta-feira (31) causou polêmica, não só por conta da confusão. Nas redes sociais diversos internautas questionaram sobre a fiscalização e a Prefeitura de Araraquara informou que os manifestantes responderão por descumprimento do decreto municipal. 

Segundo a Prefeitura de Araraquara, "a Guarda Civil Municipal esteve no local e qualificou as cerca de dez pessoas presentes". Ainda conforme informado, serão adotadas medidas com relação ao decreto que instituiu a antecipação de feriados e as diversas restrições, inclusive de circulação de pessoas nas ruas. 

"A Prefeitura de Araraquara sempre defendeu o direito à livre manifestação, mas não podemos permitir que se coloque em risco as pessoas em meio à agressividade da pandemia que o mundo está vivendo", comunicou o Executivo. 

Ainda de acordo com a Prefeitura de Araraquara, a guarda encaminhará para apuração criminal pelo artigo 268 do Código Penal, que trata sobre o crime contra a saúde pública. 

Vale lembrar que pelas redes sociais um vídeo feito por um apoiador do presidente Jair Bolsonaro convoca manifestantes para protestar em frente a casa do prefeito Edinho Silva neste sábado (3). Caso se concretize, será um novo ato público que descumprirá o decreto municipal. "A Prefeitura de Araraquara vai fiscalizar, notificar e autuar todo e qualquer descumprimento do decreto em vigor que tem como objetivo salvar vidas", disse o Executivo. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »