19/04/2021 às 20h48min - Atualizada em 19/04/2021 às 20h48min

Reunião debate plano para combater e fiscalizar queimadas em Araraquara

"Plano de Contingência - Operação Estiagem 2021" foi discutido na manhã desta segunda-feira (19)

A Defesa Civil de Araraquara apresentou em reunião na manhã desta segunda-feira (19), o “Plano de Contingência - Operação Estiagem 2021” para os principais setores envolvidos nas ações. O encontro teve como objetivo debater os principais pontos do plano e alinhar as medidas necessárias.

 

Os trabalhos são coordenados pela Secretaria Municipal de Cooperação dos Assuntos de Segurança Pública, por meio da Defesa Civil e acontecem numa parceria com o Corpo de Bombeiros, Secretaria de Governo, Planejamento e Finanças, Secretaria de Obras e Serviços Públicos, Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Secretaria de Saúde, Secretaria de Comunicação, o Daae Araraquara, além de outros setores.

 

O plano é um instrumento de gestão de risco, possibilitando aos gestores públicos a adoção de medidas de prevenção, mitigação, preparação, resposta e recuperação, com o objetivo de minimizar os efeitos da estiagem. O período é marcado pelo aumento das queimadas em áreas urbanas e rurais, com elevação do número de problemas alérgicos e respiratórios.

 

O secretário de Cooperação dos Assuntos de Segurança Pública, Coronel João Alberto Nogueira Júnior, destacou que é esperado um ano difícil em relação às queimadas. "Ao que tudo indica teremos um ano muito difícil, já tivemos um aumento de registros de queimadas em relação ao mesmo período do ano passado e se faz ainda mais necessária uma ação intensa e conjunta”.

 

Ele ainda alertou que o quadro pode se agravar devido a pandemia de Coronavírus, “As queimadas, principalmente em áreas urbanas, costumam agravar os problemas respiratórios e elevar o número de pessoas que buscam atendimento nos serviços de saúde do município”.

 

O gerente de Proteção e Defesa Civil, Luiz Dall`Acqua, ressaltou que Araraquara teve uma queda de mais de 100% no índice pluviométrico de janeiro a abril, comparado ao mesmo período do ano passado. “Em 2020 tivemos um índice de 729,1 MM de chuva, enquanto esse ano de 2021 esse número caiu para 349,5 MM”. Segundo ele, isso já está refletindo no número de atendimento a queimadas, “Somente neste mês de abril o Corpo de Bombeiros já atendeu 86 ocorrências de queimadas e incêndios”.

 

Durante a reunião foi debatido, entre outros pontos do plano, a construção de uma brigada de incêndio para áreas rurais com foco nos assentamentos e também o uso do sistema de inteligência da Guarda Municipal para auxiliar na identificação de possíveis autores dos focos de incêndio. “Ano passado tivemos sucesso ao identificar alguns desses autores que foram encaminhados para as forças policiais”, concluiu o secretário da pasta, Coronel João Alberto.

 

O secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, José Carlos Porsani, ressaltou que o setor está intensificando o trabalho de fiscalização. “Nós reestruturamos esse serviço que estava sob responsabilidade do Daae e estamos intensificando o trabalho de fiscalização em todo município”. Ele orienta que a população pode colaborar denunciando locais que foram alvos de queimadas. “Contamos com a colaboração da população que pode denunciar através da Gerência de Fiscalização e Licenciamento Ambiental pelo telefone (16) 3339-5000”.

 

Também participaram da reunião a secretária de Governo, Planejamento e Finanças, Juliana Agatte, o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, José Carlos Porsani, o Comandante dos Bombeiros, Cap. PM. Fernando Roberto, além de representantes do Corpo de Bombeiros, do Daae, da Secretaria de Obras e Serviços Públicos, da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade, da Secretaria de Comunicação e da Coordenadoria de Agricultura.

 

Canais de denúncia:

 

Queimadas urbanas

 

Gerência de Fiscalização e Licenciamento: (16) 3339-5000

 

 

Queimadas em área rural

 

Disque Ambiente: 0800 11 3560

 

denuncia.sipam.sp.gov.br

 

Polícia Ambiental: (16) 3335-7980

 

Cetesb: (16) 3332-2211

 

Para conter o fogo, acione imediatamente:

 

 

Corpo de Bombeiros: 193

 

 

Em casos de dúvidas:

 

Defesa Civil: 199


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »