22/08/2021 às 14h21min - Atualizada em 22/08/2021 às 14h21min

204 anos de Araraquara: conheça alguns fatos marcantes sobre a história da Morada do Sol

A história de Araraquara contada em anos marcantes

Araraquara, nome com origem do tupi-guarani que significa Morada do Sol, comemora neste domingo (22), 204 anos de existência. Com mais de 238 mil habitantes, baseado em estimativa do IBGE em 2020, o município fica a 270 quilômetros da capital paulista. 

  • 1817 - Em 22 de agosto foi criada a Freguesia de São Bento de Araraquara, então subordinada ao município de Piracicaba.

  • 1828 - Em 1º de outubro, simultaneamente com Portugal, o governo aprovou uma lei ordenando todas Freguesias, Vilas e Cidades a construírem cemitérios para que os enterros não fossem mais realizados na Igreja Matriz.

  • 1832 - Araraquara foi elevada a condição de 'Vila', passando oficialmente a ser denominada 'Villa de São Bento de Araraquara' com a obrigatoriedade de instalar a Câmara Municipal de vereadores. 

  • 1833 - Em 24 de agosto, na casa do Capitão Manuel Joaquim Pinto de Arruda e com a presença do Presidente da Câmara da Vila da Constituição foi lido o Decreto da Regência, que criava a 'Villa de São Bento de Araraquara'. 

  • 1828 - Em 1º de outubro, simultaneamente com Portugal, o governo aprovou uma lei ordenando todas Freguesias, Vilas e Cidades a construírem cemitérios para que os enterros não fossem mais realizados na Igreja Matriz. 

  • 1886 - Araraquara recebeu a visita de D. Pedro II. O imperador visitou a Estação Ferroviária, a Matriz de São Bento, a cadeia, a Câmara Municipal, entre outros locais. 

  • 1870 - Cemitério São Bento é construído na área central da cidade.

  • 1877 - Em sessão da Câmara Municipal em 14 de julho, o vereador Carlos Baptispa Magalhães indicou que se dessem nomes a todas as ruas da pequena Vila de São Bento de Araraquara. Aprovada em primeira discussão, as vias ficaram nomeadas como: Rua Santa Cruz, Rua do Comercio, Rua Santo Antônio, Rua da Boa Morte, Rua das Flores, Rua São João Baptista, Rua 7 de Setembro, Rua Capitão Manuel Joaquim, Rua Dr. Candido, Rua São Phelippe e Rua José Innocêncio. Os Largos receberam as seguintes denominações: Largo da Matriz, Largo Santa Cruz e Largo da Boa Morte.  

  • 1889 - Em 6 de fevereiro, por intermédio de um decreto da Assembleia Legislativa Provincial, a Vila de São Bento de Araraquara foi elevada a categoria de cidade. A instalação do município se deu em 23 de fevereiro em Sessão extraordinária da Câmara Municipal. 

  • 1895 - O presidente do Estado, Bernardino de Campos, autorizou por meio de ofício, em 12 de agosto, e posteriormente decreto, autorizou a construção da Estrada de Ferro. 

  • 1895 - Surto de febre amarela em Araraquara e cidades da região por serem consideradas locais receptores de trabalhadores imigrantes. 

  • Até 1896 - Não havia separação dos poderes Executivo e Legislativo, ambos realizados pela Câmara Municipal, mas a situação mudou em 1º de julho, conforme decreto assinado pelo Presidente da Câmara, Tenente Coronel Joaquim Duarte Pinto Ferraz, os poderes estariam separados a partir de então. O primeiro Intendente Geral foi o Dr. Manoel Joaquim Pinto de Arruda, eleito seis dias após a assinatura do decreto em 7 de julho. 

  • 1896 - Mesmo com a crise financeira do fim do século XIX, ocorrida pela depreciação do café, a obra da Estrada de Ferro continuou e foi inaugurada em 9 de novembro. 

  • 1897 - Chamado de Coronelismo, na madrugada de 6 de fevereiro, ocorreu o linchamento dos Britos. Rozendo de Brito e o tio Manoel de Brito foram brutalmente assassinados e linchados em praça pública. A trágedia ocorreu pela disputa política entre Rozendo e o coronel Antônio Joaquim de Carvalho, que havia sido morto por Rozendo dias antes do linchamento. 

     

       

  • 1906 - Em 10 de julho, o cargo de Intendente Geral do município passou a ter a denominação: prefeito municipal. O último intendente Sr. Major Pio Corrêa de Almeida Moraes, passou a ser a partir daquela data, o primeiro prefeito da cidade.

  • 1908 - Em 2 de setembro, a Câmara Municipal aprovou em segunda discussão, o Projeto de Lei que autorizava o prefeito a efetuar a compra de um terreno destinado à construção da Igreja Santa Cruz. 

  • 1911 - Quase 100 oitis são trazidos do Rio de Janeiro para serem plantados na Rua Voluntários da Pátria e na Rua São Bento.

  • 1914 - Inauguração do Teatro Municipal na região central da cidade, onde atualmente é a Prefeitura.  

  • 1917 - Em 1º de março, no Lardo da Câmara, onde está situada a Praça Pedro de Toledo, foi realizada a primeira Feira Livre de Araraquara. 

  • 1919 - Inauguração do Hotel Municipal com traços arquitetônicos requintados que chamam atenção até os dias de hoje. 

  • 1926 - Escritor Mario de Andrade chega a Araraquara para passar férias na chácara do primo Pio Lourenço Correa. Em seis dias, entre 18 e 23 de dezembro, ele escreveu o livro Macunaíma. 

  • 1929 - Em 11 de maio, a Câmara Municipal autorizou a construção de um prédio para abrigar a Escola Normal Livre, local onde hoje funciona a Casa da Cultura. 

  • 1936 – Nascia o ilustre araraquarense Ignácio de Loyola Brandão.

  • 1937 – Nascia o araraquarense José Celso Martinez Corrêa, um dos mais renomados e polêmicos diretores de teatro do país. 

  • 1942 - Em 23 de outubro, foi criada a Biblioteca Municipal com incentivo do escritor Mário de Andrade, que na época vinha com frequência à Araraquara visitar familiares. 

  • 1950 - Em 12 de abril, criada a Associação Ferroviária de Esportes (AFE) por um grupo de funcionários da antiga Estrada de Ferro de Araraquara (EFA). 



 

  • 1959 - A Companhia Troleibus de Araraquara (CTA), primeiro sistema de transporte público do município, começa as atividades na cidade em 27 de dezembro.

  • 1960 – No dia 4 de setembro daquele ano Araraquara recebia simultaneamente duas visitas ilustres. No estádio da Fonte Luminos, hoje Arena, A Ferroviária enfrentava o Santos, de Pelé. O time de Araraquara venceu por 4 X 0. No Centro da cidade, Jean-Paul Sartre, filósofo frânces, dava uma conferência na faculdade e participava de uma reunião com estudantes e trabalhadores rurais no teatro municipal.

  • 1980 - Inauguração do saudoso e primeiro shopping que Araraquara teve: o Tropical Shopping. Na época era considerado um dos mais importantes centros de compra para Araraquara e cidades vizinhas. 

  • 1987 – No dia 23 de dezembro daquele ano, o araraquarense Luís Antônio Martinez Corrêa, diretor, ator, cenógrafo e tradutor no teatro amador era assassinado no Rio de Janeiro. Seu nome é lembrado todos os anos na cidade em uma semana dedicada ao teatro.

  • 1995 - Inauguração do Terminal Central de Integração (TCI). 

  • 1997 - Emancipação de Gavião Peixoto. O distrito virava uma das menores cidades do estado.

  • 1999 - Inauguração da Estação de Tratamento de Esgotos, sendo uma das primeiras cidades do Estado e do Brasil a ter o serviço.

  • 2001 - Em 4 de dezembro, Araraquara ganhou o Shopping Jaraguá, que permanece ativo até hoje. 

  • 2002 - Shopping Lupo é inaugurado na região central da cidade. 

  • 2003 – Nascia o Araraquara Rock, um dos mais tradicionais festivais dedicados ao estilo no país.

  • 2006 – Ferroviária conquista sua primeira Copa Paulista de Futebol contra o Bragantino.

  • 2007 - Com o tempo lojas foram fechando e o Tropical Shopping fechou as portas. Desde então o local segue abandonado e é motivo de nostalgia e indignação de muitos que não se conformam em ver a situação em que o prédio está atualmente. 

  • 2009 - Em 22 de outubro, foi inaugurada a nova Arena da Fonte. Em novembro o Brasil perdia o Araraquarense Herbert Richers, produtor de cinema e dono de uma das mais conhecidas empresas de dublagens do país, que levava seu nome.

  • 2011 – Semáforos foram instalados no Balão das Roseiras desafogando o trânsito na região. Equipamentos foram alvos de muitas críticas e muitos não aceitam as mudanças até hoje. Araraquara é eleita a melhor cidade do Brasil para se viver pela Confederação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan).

  • 2013 – Em dezembro o Aeroporto Regional Bartholomeu de Gusmão passava a operar com voos comerciais regulares da Azul. A novidade durou pouco tempo e a companhia abandonou a cidade no ano seguinte.

  • 2015 – Em março, o atual prefeito de Araraquara e, na época, deputado estadual, era nomeado Ministro da Secretaria de Comunicação Social do governo Dilma Rouseff;

  • 2014 – Araraquara, que sonhava ser subsede da Copa do Mundo, é preterida pela Fifa e fica de fora da lista. 

  • 2015 – Depois de 19 anos a Ferroviária confirma sua volta para a elite do Campeonato Paulista frente ao Guaratinguetá. Campeã da Série A2, o time perdeu apenas um jogo.

  • 2016 – O Brasil sedia as Olimpíadas e a tocha símbolo da competição percorreu as ruas da cidade.

  • 2017 – Ferroviária conquista o bi-campeonato da Copa Paulista ao vencer o Inter de Limeira. Em agosto de 2017 um acidente na SP-255 entre um Fusca e um ônibus matou 7 pessoas que estavam no carro. Apenas uma pessoa sobreviveu. O carro teria parado em cima da pista, sem dar chances para o condutor do ônibus frear. 

  • 2019 – Ferroviária faz campanha histórica e se classifica para as quartas de final do Campeonato Paulista. As duas partidas contra o Corinthians terminaram empatadas em 1 X 1. O time grená se despediu da competição nos pênaltis. Araraquara enfrenta uma grave epidemia de dengue. Foram mais de 23.500 casos confirmados da doença. Em um dos momentos mais violentos de sua história desde o linchamento dos Britos, em junho daquele ano um jovem menor de idade (17 anos), matou Yasmin da Silva Nery, na época com 16 anos. O adolescente esquartejou o corpo da menina e deixou partes em vários locais da cidade. Ele foi preso no dia seguinte. Dias antes, o policial Elias Matias Ribeiro foi assassinado a marretadas em uma casa, o corpo foi levado para uma área de canavial e queimado junto com o carro. Três pessoas foram presas, acusadas do crime. Araraquara fica conhecida nacionalmente depois que um hacker da cidade invadiu celulares de autoridades como o ex-juiz e ministro Sérgio Moro, Jair Bolsonaro, além de juízes, desembargadores, jornalistas e personalidades. Documentos vazados por ele desgastaram a relação entre o ministro e Bolsonaro e mais adiante serviram de prova para anulação da condenação do ex-presidente Lula, que agora pode disputar as eleições de 2022.

 

  • 2020 – Araraquara enfrenta a pandemia do coronavírus. A economia sofre com o fechamento do comércio e as restrições de circulação. Em novembro, Edinho Silva vence as eleições e se torna o prefeito com mais mandatos em Araraquara, 4 no total. No mesmo mês uma quadrilha fortemente armada invadiu a cidade, queimou veículos em frente ao Batalhão da PM, fez diversos disparos de armas de grosso calibre assustando toda a população. A quadrilha roubou joias e dinheiro da agência da Caixa. O prejuízo foi de aproximadamente R$ 5 milhões. Em 2021 a Polícia Civil conseguiu prender alguns dos suspeitos.

  • 2021 – Em fevereiro Araraquara enfrenta o agravamento da pandemia com a descoberta da variante P1, inicialmente identificada em Manaus. A cidade vive colapso do sistema de saúde, decreta o lockdown mais rigoroso do país e se destaca no enfrentamento da doença. Em março, a empresa Lupo completa 100 anos. Em julho, Araraquara foi representada nas Olimpíadas de Tóquio com a jogadora Bia Zaneratto. A seleção feminina de futebol infelizmente não voltou com medalha da competição. 

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »