Araraquara Agora Publicidade 1200x90
Araraquara Agora Publicidade 728x90
09/09/2021 às 08h35min - Atualizada em 09/09/2021 às 08h35min

Fim da manifestação dos caminhoneiros na Rodovia Washington Luís

Caminhoneiros foram abordados durante a madrugada, mas liberados antes do amanhecer

Direto da Redação

Terminou, antes de amanhecer, a manifestação dos caminhoneiros na rodovia Washington Luís (SP-310), em Araraquara. Os manifestantes realizaram um bloqueio parcial próximo a Ceagesp, no início da madrugada desta quinta-feira (09). Eles pararam diversos caminhões que trafegavam pela rodovia, mas não chegaram a fechar a SP-310.



 

Ainda durante a madrugada, os manifestantes liberaram os caminhoneiros e nesta manhã (09) já não havia registro de protestos no local.

 

Em outros estados do país a paralisação segue. Ontem (08), o Ministério da Infraestrutura informou que durante o dia, foram debeladas 67 ocorrências com concentração de populares e tentativas de bloqueio total ou parcial de rodovias.

 

O movimento ocorre após as manifestações pró-governo em diferentes cidades, nessa terça-feira (7). Manifestantes pediram o fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF) e a destituição de ministros da corte, além de intervenção militar.

 

Em nota, a Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística (NTC&Logística) manifestou "total repúdio" às paralisações.

 

"Trata-se de movimento de natureza política e dissociado até mesmo das bandeiras e reivindicações da própria categoria, tanto que não tem o apoio da Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos", diz a entidade. O texto leva a assinatura do presidente da NTC&Logística, Francisco Pelucio.

 

A entidade, que congrega cerca de quatro mil empresas de transporte, disse ainda estar preocupada com os efeitos que bloqueio nas rodovias poderão causar, especialmente em relação ao abastecimento dos setores de produção e comércio.

 

Em Rio Claro (105 quilômetros de Araraquara), onde houve também manifestação, os postos de combustíveis registraram grandes filas ainda na noite de ontem (08). O medo do consumidor era de, por conta da paralisação, o abastecimento fosse comprometido.


Veja o registro da manifestação durante a madrugada:


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araraquara Agora Publicidade 1200x90