Araraquara Agora Publicidade 1200x90
Araraquara Agora Publicidade 728x90
14/09/2021 às 12h40min - Atualizada em 14/09/2021 às 12h40min

Acidente com aeronave mata família de sócio do Grupo Raízen

Queda matou sete

Foto: Câmara de Vereadores de Piracicaba

Das sete pessoas que morreram na queda da aeronave King Air 360 prefixo PS-CSM, cinco eram da família do empresário Celso Silveira Mello Filho, de 73 anos, acionista da Cosan. O Grupo emitiu uma nota confirmando as mortes.

 

No avião estavam o empresário, a esposa Maria Luiza Meneghel, de 71 anos, Camila Meneghel Silveira Mello Zanforlin, 48 anos,,Celso Meneghel Silveira Mello e Fernando Meneghel Silveira Mello, 46 anos, filhos do casal, além do piloto Celso Elias Carloni, de 39 anos, e o copiloto Giovani Dedini Gulo, de apenas 24 anos.

 

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o avião tinha como destino o Pará. O empresário tinha negócios naquela região, incluindo fazendas e uma faculdade.

 

O avião decolou do Aeroporto de Piracicaba e caiu 15 segundos depois quando bateu em um barranco e explodiu na região de uma plantação de eucaliptos, ao lado da Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo (Fatec).

 

Imagens mostram o momento exato da queda. O avião decola e logo depois cai. É possível ver o bimotor caindo e uma forte explosão na sequência.

 

O irmão do empresário, Rubens Ometto é presidente do Conselho de administração da Cosan, que atua nas áreas de açúcar, álcool, energia e logística.

 

Vejas as imagens impressionantes:



Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araraquara Agora Publicidade 1200x90