22/06/2020 às 09h29min - Atualizada em 22/06/2020 às 14h23min

Araraquarense de 30 anos que trouxe menina de 13 do Ceará morre na cadeia

Morreu na cadeia de santa Ernestina, na noite de domingo (21) o vigilante Wilian Reis Silva de 30 anos . Segundo informações do sistema carcerário ele teria tirado a própria vida. Wilian foi preso na última sexta-feira (19) acusado de sequestro e estupro de vulnerável.

Entenda o caso

Wilian teria trazido uma menina de apenas 13 anos da cidade de Maranguape, no Ceará, para Araraquara. A Cidade fica 40 km distante de Fortaleza, a capital do estado e a quase 3 mil km de Araraquara.
Segundo as investigações ele teria passado vários dias trocando mensagens com a adolescente e a convenceu a vir para Araraquara.
O vigilante teria alugado um carro, passado três dias na estrada e a trazido a menina para a cidade. A família da menor denunciou o caso para a polícia e ele foi preso na sexta-feira, na casa dele, onde também estava a adolescente.

A jovem teria confirmado en depoimento que manteve relação sexual com o vigilante, mas sempre consensual.

Logo após ser ouvida pela Polícia ela foi encaminhada para casa com acompanhamento do Conselho Tutelar.

Leia também

Estudantes fazem manifestação pelas vítimas do coronavírus na Praça de Santa Cruz

Crescente de novos casos da Covid-19 em Araraquara é reflexo do baixo isolamento

Mais 2 mortes por coronavírus são confirmadas em Araraquara

Bandidos roubam duas farmácias e dão prejuízo de quase R$ 2 mil

Pelo menos 8 jogadores do Corinthians estão com coronavírus

https://youtu.be/XTuV0ojx0Wo


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »