12/08/2022 às 16h13min - Atualizada em 12/08/2022 às 16h13min

Boa Esperança tem mais de 2 mil pessoas inscritas para casas da CDHU; veja os nomes

Serão sorteadas 84 casas no município em parceria com a Prefeitura

CDHU

A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) já realizou a divulgação das pessoas que fizeram o cadastro para o sorteio das 84 moradias que serão entregues em Boa Esperança do Sul. As inscrições foram até o dia 8 e mais de 2 mil pessoas demonstraram interesse.

A lista, divulgada em PDF, conta com exatamente 2354 pessoas inscritas. Existe uma divisão feita entre deficientes, idosos, idosos acima de 80 anos, indivíduo só, policiais e agente e população geral. Vale mencionar que só era permitida uma inscrição por família. 

"O sorteio público definirá os titulares e os suplentes para aquisição das moradias. Do total de casas, 10% são destinadas às famílias com renda mensal entre 5,01 e 10 salários mínimos, 7% às pessoas com deficiência, 5% aos idosos e 4% aos policiais ou agentes penitenciários. As demais unidades serão sorteadas entre a população em geral, após calculadas e subtraídas as unidades destinadas às pessoas que moram sozinhas (3% dos inscritos como indivíduos sós, limitado a 3% do número de moradias)", já detalhou a CDHU sobre como será realizado o sorteio. 

A CDHU ainda deixou claro que para participar do sorteio, além de morar ou trabalhar na cidade há pelo menos cinco anos, os interessados precisam ter renda familiar de um a dez salários mínimos, não ser proprietário de imóvel, não possuir financiamento habitacional e não ter sido atendido anteriormente por programas habitacionais. Policiais devem trabalhar na cidade, idosos devem comprovar idade mínima de 60 anos e indivíduos sozinhos, 30 anos ou mais.

A lista com os nomes que se inscreveram para participar do sorteio pode ser consultada diretamente pelo 
site da CDHU, clicando aqui. Ainda não foi divulgada uma data para a realização do sorteio. 

Como serão as casas? 

A CDHU divulgou que as casas terão dois dormitórios (quartos), sala, cozinha, banheiro e lavandeira. Cada casa terá 47,87 m² de área. 

"O financiamento dos imóveis seguirá as novas diretrizes da Política Habitacional do Estado, que preveem juros zero para famílias com renda mensal de até cinco salários mínimos. Para as famílias com renda acima de cinco salários, o financiamento terá taxa de juros de 4% ao ano. Assim, as famílias pagarão praticamente o mesmo valor ao longo dos trinta anos de contrato, que sofrerá apenas a correção monetária calculada pelo IPCA, o índice oficial do IBGE. As parcelas são calculadas levando-se em conta a renda das famílias, que podem comprometer, no máximo, 20% dos rendimentos mensais com as prestações", diz a CDHU sobre o financiamento dos imóveis. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »