18/06/2021 às 13h42min - Atualizada em 18/06/2021 às 13h42min

São Carlos descarta lockdown e adotará "novas medidas temporárias"

Decreto entra em vigor na segunda (21) e atividades continuam funcionando. Veja!

Foto: Divulgação/Prefeitura de São Carlos
Após Araraquara anunciar um novo lockdown, existia a possibilidade de que outras cidades da região também adotassem o fechamento. Assim fez Américo Brasiliense. Em São Carlos, a medida foi descartada pelo prefeito Airton Garcia, mas um novo decreto publicado que entra vigor na cidade a partir de segunda-feira (21) vai aplicar algumas regras mais restritivas. 

As novas medidas adotadas na cidade foram classificadas pela prefeitura de São Carlos como "novas medidas temporárias de prevenção à disseminação da COVID-19".

Mercados, bares, restaurantes e outros

Conforme informado pela própria prefeitura de São Carlos, o novo decreto entra em vigor na próxima segunda-feira (21) e estabelece a redução no horário de atendimento presencial nos mercados, supermercados (varejistas e atacadista), bem como de atividades ligadas ao setor de serviços como restaurantes e similares (lanchonetes, casas de sucos, bares com função de restaurante e lojas de conveniência) passando para às 20h.

Os estabelecimentos liberados terão que funcionar com uma ocupação máxima de 40%, podendo diminuir gradativamente. Após as 20h esse segmento somente poderá atender os clientes pelo sistema delivery. Pelo sistema drive-thru está autorizado também até 20h. O toque de recolher será das 20h às 05h.

Academias, salões de beleza, postos de combustíveis, atividades culturais, parques, clubes e outros

Ainda de acordo com o novo decreto da prefeitura de São Carlos, academias, salões de beleza, barbearias, atividades culturais, atividades religiosas, parques e clubes também poderão funcionar somente até às 20h. Farmácias e postos de combustíveis continuam funcionando sem restrição de horário. 

"Vamos fazer mais um esforço", diz o prefeito Airton Garcia



Segundo a prefeitura, as medidas foram aprovadas pelo Comitê Emergencial de Combate ao Coronavírus nesta sexta-feira (18) e apresentada ao prefeito Airton Garcia. O líder do Executivo da cidade também concordou com as regras. 

“Vamos fazer mais um esforço na tentativa de frear o número de mortes por causa da doença. Somente nos primeiros dias de junho já foram registradas a perda de mais de 50 vidas. Faltam leitos nos hospitais de São Carlos e de toda a região e percebemos que muitas pessoas estão descuidando dos protocolos sanitários. Não podemos descuidar, para avançar precisamos ter responsabilidade. Vamos analisar a média móvel semanalmente e se necessário vamos apertar ainda mais as restrições. Pedimos a colaboração de toda a população. Se cada um fizer a sua parte, mais rápido vamos sair dessa pandemia”, disse ele.

Lockdown regional

O prefeito Edinho Silva, chegou a anunciar ontem (17) que os municípios da região se preparavam para um "lockdown regional". O fechamento nas cidades vizinha, em conjunto com a Morada do Sol, é defendido por algumas pessoas, inclusive especialistas. Um deles é o epidemiologista Bernadino Alves Souto, que disse ao Araraquara Agora que a medida é necessária, mas não só em Araraquara. 

“A medida poderá resultar em uma redução significativa no número de novos casos e de novas mortes por Covid-19, reduzindo também a sobrecarga hospitalar. É muito importante essa medida e necessária e ele deveria ser feito no país inteiro e não apenas em Araraquara”, salientou ele. 

O especialista também destacou a importância da continuidade de outras medidas de combate ao coronavírus. 
É necessário continuar insistindo nas medidas de testagem em massa da população, de isolamento social, do uso de correto da máscara, além da aceleração do processo de vacinação. Essas medidas, em conjunto, aumentam as chances de controle da pandemia”.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Zap
Atendimento
Oi, eu sou Willian Oliveira. Precisa de ajuda? Aqui você pode sugerir pauta, falar com nosso departamento comercial, estamos a sua disposição