Araraquara Agora Publicidade 1200x90
Araraquara Agora Publicidade 728x90
07/11/2022 às 07h42min - Atualizada em 07/11/2022 às 07h42min

Araraquara abre hoje (07) o 'Novembro Negro'; veja a programação

Durante o mês, série de atividades será realizada na cidade

Divulgação/ Prefeitura

Leia Também:
Confira quem pode e onde se imunizar contra Covid -19 em Araraquara.
Temperaturas voltam a subir na região de Araraquara; máximas devem ultrapassar os 30°C.




Nesta segunda-feira (7) será realizada a abertura oficial da edição 2022 do "Novembro Negro", programação desenvolvida em alusão ao Mês da Consciência Negra e promovida pela Coordenadoria Municipal de Políticas Étnico-Raciais.

 

Com o tema "Não basta não ser racista, é preciso ser antirracista", o objetivo da programação é despertar para reflexão e envolver a população em geral para uma ação prática e efetiva, seja através do impacto visual, do estímulo à conscientização coletiva, mas principalmente para a valorização da identidade e da cultura afro-brasileira.


Segundo a coordenadora municipal de Políticas Étnico-Raciais da Prefeitura, Alessandra Laurindo, a proposta do tema deste mês é fazer um alerta e uma convocação para que a sociedade araraquarense seja de fato antirracista.

 

"Tivemos um aumento considerável no último período sobre as denúncias de racismo. Por um lado é bom que os casos já não ficam mais em silêncio, mas por outro é triste ver que diuturnamente os crimes ocorrem da maneira mais perversa e precisamos de aliados nessa luta. É hora de todas as pessoas abandonarem a ideia de superioridade e, de fato, atuarem no combate ao racismo. Refletir porque atitudes como a negação, silêncio, raiva, medo e culpa de falar sobre o tema ainda são verdadeiros tabus", explica.



A programação terá início às 17h30, com a apresentação do banner instalado no Paço Municipal com a frase "É preciso ser antirracista!". Às 18h, será inaugurada a Escada Antirracista na Câmara Municipal. Às 18h30, também na Câmara Municipal, terá início a exposição “A percepção das Invisíveis”, com o registro das coletoras de recicláveis de Araraquara. A mostra contou com o apoio das fotógrafas Mônica Carvalho e Cyntia Maria e dos maquiadores Djalma Teodoro e Roberta Silva. Às 19h, no mesmo local, será realizada a audiência pública “Araraquara é Antirracista?”, em parceria com a Frente Parlamentar Antirracista.


A programação envolve ainda diversas atividades, entre elas a palestra sobre letramento racial com os funcionários da Santa Casa, ato em comemoração ao Dia da Umbanda, entrega do Prêmio Zumbi dos Palmares e Dr. Laphaeytthi Alves, visita ao casarão do Assentamento Bela Vista com historiadores, Encontro de Batuqueiros, Marcha da Consciência Negra, encontro de samba-rock com DJs de Araraquara, FeirAfro, roda de conversa sobre capoeira, show com Renato da Rocinha e workshop “Formação de Líderes Negros Importam”.


O festa oficial de encerramento da programação acontece no dia 3 de dezembro no Daae, com a apresentação "Aplauso a todos os Sambas - Luzes do Natal", porém nos dias 7 e 8 de dezembro será realizada a Oficina de Esculturas Afros de Jornal, que conclui a agenda.







PROGRAMAÇÃO NOVEMBRO NEGRO


- Dia 7 de novembro
Abertura Oficial do Novembro Negro em Araraquara

*17h30 -  Banner no Paço Municipal com a frase "É preciso ser antirracista!"
*18h - Inauguração da Escada Antirracista na Câmara Municipal
*18h30 – Inauguração da exposição “A percepção das Invisíveis” na Câmara Municipal
(Registro das Coletoras de recicláveis de Araraquara, as quais a grande maioria são negras e invisibilizadas. As pessoas olham, mas não enxergam)
*19h – Audiência Pública: “Araraquara é Antirracista? ” em parceria com a Frente Parlamentar Antirracista. Convidados: Ministério Público, Fórum, juízes, Chefe dos Delegados, Comissão da Igualdade da OAB, Secretário de Justiça do Estado, Fernando Passos, Elizeu Soares – Ouvidor das Polícias


- Dia 9 de novembro
Das 15h às 16h30 - Palestra sobre o Letramento Racial com os funcionários da Santa Casa


- Dia 15 de novembro
9h30 – Ato em comemoração ao Dia da Umbanda – Organização: religiosos de matrizes africanas – Parque Infantil


- 17 de novembro
19h - Prêmio Zumbi dos Palmares entregue à Cleuza Sueli Bueno da Silva e Prêmio Dr. Laphaetty Alves.


- 19 de novembro
9h - Visita ao casarão da Bela Vista com historiadores – Almoço comunitário
22h – Encontro de Batuqueiros – Especial Dia da Consciência Negra. Local: ASCAR
Por Adesão – Promoter – André (11) 95070 9993


- 20 de novembro
*13h30 - 16ª Marcha da Consciência Negra / Dia Internacional da Memória Trans / Marcha do Orgulho Crespo /Ato pelo fim da violência contra as mulheres negras

Concentração: Praça da Matriz - Destino: Estação Ferroviária
Reunião das escolas de samba, Terreiros, Maracatu
(FeirAfro, gastronomia, apresentações artísticas e culturais, encontro de DJ’s, samba, show de samba rock)

*14h30 - Encontro de Samba-Rock com a participação de Djs de Araraquara, Dj Gugu Reis e Dj Alex Black de São Paulo e show especial com Tibless e Banda.
Haverá Master Class para profissionais da área cultural com com Léo Cordeiro e Van Oliveira e uma aula aberta com Léo Cordeiro.


- 22 de novembro
18h30 - Roda de conversa: "Negritudes e LGBTQIA+" Resistência e Resiliência.
Local: Centro de Referência Afro


- 23 de novembro
Roda de Conversa sobre a história da Capoeira – Local: Centro de Referência Afro


- 26 de novembro
22h - Show com Renato da Rocinha – Local: ASCAR
Por adesão. Promoter Cristiano Produções - (16) 99703-0560


- 29 de novembro
18h30 – Workshop “Formação de Líderes Negros Importam” – Local:  Auditório da OAB
Parceria com a Comissão de Combate à Discriminação da OAB e a Empresa YPY Soluções


- 3 de dezembro
Encerramento da Programação – Aplauso à todos os Sambas - Luzes do Natal
Local: DAAE


- Dias 7 e 8 de dezembro
14h - Oficina de Esculturas Afros de Jornal, com vestimentas e acessórios, com a Professora e arte educadora Fátima Barbosa
Local: Quilombo Rosa


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »