Araraquara Agora Publicidade 728x90
10/04/2023 às 07h42min - Atualizada em 10/04/2023 às 08h30min

Araraquara inicia vacinação contra a gripe; veja quem pode

Confira o cronograma e público-alvo neste primeiro momento da 25ª Campanha

Foto Ilustrativa/ Prefeitura Araraquara

Leia Também:
Homem é preso após furtar whisky em supermercado de Araraquara.
Jovem é preso por tráfico de drogas; crack e cocaína foram apreendidos.


Araraquara começa nesta segunda-feira (10) a 25ª Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza (gripe), que se estenderá até o dia 31 de maio.


Neste ano, as 35 Unidades Básicas de Saúde do município e a unidade do Sesa administrarão a vacina de segunda a sexta-feira, das 8 às 15 horas.

 

 

Atenção!

 

 

Ao contrário do ocorrido nos anos anteriores, a vacinação será feita em todos os grupos prioritários, simultaneamente, e não por etapas.

 

Se incluem nos grupos prioritários:

 

  • Crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade;
  • Gestantes;
  • Puérperas (até 45 dias pós-parto);
  • Trabalhadores de estabelecimentos de saúde;
  • Pessoas com 60 anos ou mais;
  • Professores de escolas públicas e privadas;
  • Portadores de doenças crônicas e outras condições clínicas especiais;
  • Portadores de deficiência permanente;
  • Povos indígenas e quilombolas;
  • Profissionais das forças de segurança e salvamento e das forças armadas;
  • Caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbanos e de longo curso;
  • Trabalhadores portuários;
  • Funcionários do sistema prisional;
  • Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.

 

As pessoas que fazem parte desses grupos prioritários deverão procurar as unidades de saúde munidos de documento com foto e caderneta de vacinação.

 

No caso das categorias profissionais elencadas, é obrigatório levar também documento comprobatório de vínculo ativo. As puérperas também deverão comparecer com documento comprovando o período pós-parto, como a certidão de nascimento do bebê.

 

Lembrando ainda que não há necessidade de intervalo entre a vacina contra a Covid e a vacina contra a influenza.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araraquara Agora Publicidade 1200x90