Araraquara Agora Publicidade 1200x90
Araraquara Agora Publicidade 728x90
03/11/2023 às 08h50min - Atualizada em 03/11/2023 às 08h50min

Campanha visa cadastrar doadores de medula óssea em Araraquara; APOIE

Veja como ajudar

Direto da Redação
Foto Ilustrativa/ Marcelo Camargo por Agência Brasil

 

Leia ainda:
Idoso é preso após discussão com companheira; dente e costela quebrados na briga.

Inscrições para cursos profissionalizantes de graça são prorrogadas na região de Araraquara.




No dia 30 de novembro, uma quinta-feira, Araraquara receberá uma campanha de cadastro de doadores de medula óssea. A ação será realizada entre 9h30 e 14h na ETEC "Anna de Oliveira Ferraz", a Escola Industrial, que fica na Av. Bandeirantes, 503, Centro.


Com apoio da Prefeitura de Araraquara, a campanha é uma iniciativa do Instituto Nacional de Câncer "José Alencar Gomes da Silva" (INCA), do Rio de Janeiro, e os cadastros realizados integrarão o Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome).


O transplante de medula óssea é indicado para leucemia e outras mais de 70 doenças. A chance de ser compatível é de um a cada 100 mil pessoas, ou seja, o Redome precisa do maior número possível de cadastros para fazer a diferença e ajudar qualquer pessoa no mundo que esteja precisando de um transplante de medula.



Para o cadastro, é necessário:

  • Ter entre 18 e 35 anos;
  • Não ter doença infecciosas;
  • Não ter tido câncer.

 

  • Levar um documento com foto (se possível, com o cartão SUS);
  • Fazer um cadastro com os dados pessoais e tirar apenas 10ml de sangue para verificar a compatibilidade.

 

Será retirada uma pequena quantidade de sangue do candidato a doador, que será analisada por exame para a determinação do tipo HLA (que identifica suas características genéticas) e depois esses dados serão incluídos no Redome.

Após cruzarem dados de doadores e pacientes, sendo identificada uma possível compatibilidade, o doador é consultado para decidir quanto à doação. Antes de realizar o processo da doação, outros exames e avaliação clínica são realizados.

 

 

Hemonúcleo também faz o cadastro



Outra opção para os interessados em integrar o cadastro de doadores de medula óssea é o Hemonúcleo Regional de Araraquara, vinculado à Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Unesp e que é um dos pontos cadastrados no Redome.

O Hemonúcleo fica na Av. da Saudade, 58, entre as Ruas Expedicionários do Brasil e Humaitá, no Centro. O telefone para contato é o (16) 3301-6102.

 

Mais informações sobre o cadastro de doadores de medula óssea podem ser encontradas no site do Redome.



Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araraquara Agora Publicidade 1200x90