14/06/2021 às 18h37min - Atualizada em 14/06/2021 às 18h37min

Frio e pandemia faz doações de sangue diminuírem e Santa Casa faz pedido

Santa Casa faz mais de 400 transfusões de sangue todos os meses

A Santa Casa de Araraquara realiza mais de 400 transfusões de sangue todos os meses. A maior parte vai para pacientes internados em UTI, além de pacientes da oncologia, emergências e até Covid. No entanto, com a chegada do frio, as doações costumam cair muito e aumentam as preocupações.

Além do clima, a pandemia também é um fator que prejudica as doações. "Os doadores tem se afastado do Hemonúcleo. E, na contramão, os pacientes internados com Covid -19 tem feito o uso mais constante. Então juntou uma série de fatores que fez com que nosso estoque diminuísse", afirma Sabrina Romano, coordenadora de agência transfusional da Santa Casa.

Escassez de tipos sanguíneos 

Hoje, todos os tipos sanguíneos estão escassos. Mas, há falta principalmente de AB positivo, AB negativo e O negativo . A mesma situação acontece no Hemonúcleo Regional de Araraquara, que fica no campus de Ciências Farmacêuticas da Unesp. É de lá que vem todo o sangue armazenado na Santa Casa.

O diretor do Hemonúcleo, Reinaldo Bonfá, garante que todos as medidas estão sendo tomadas para garantir a segurança dos doadores. "É muito importante manter as doações, aqui são seguidos protocolos de distanciamento e o agendamento faz com que não acumule pessoas no serviço, garantindo assim a proteção ao doador", garante.



Como ser um doador

Para ser um doador é preciso alguns requisitos. Dentre os principais estão: ter entre 18 e 69 anos (desde que a primeira doação tenha sido realizada até os 60 anos); pesar acima de 50kg; dormir pelo menos 6 horas na noite que antecede a doação; realizar uma refeição completa na noite que antecede a doação (jantar); não ingerir bebida alcoólica de 12 à 24 horas antes da doação; não fumar 1 horas antes e 1 hora depois da doação e não praticar exercícios físicos exagerados antes e após a doação;

A auxiliar cartorária, Luana de Carvalho, é uma das doadora freqüentes de sangue. Ela aproveitou o Dia Mundial do Doador para mais uma vez fazer a parte dela e ajudar quem mais precisa. "Sempre que posso estou doando para ajudar quem necessita. Aqui no Hemonúcleo é tranqüilo e não tem lotação por conta do horário que é agendado. É rapidinho e você nem sente ", explica.

O Hemonúcleo Regional de Araraquara realiza os agendamentos para a doação de sangue pelo telefone (16) 3301-6102.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Zap
Atendimento
Oi, eu sou Willian Oliveira. Precisa de ajuda? Aqui você pode sugerir pauta, falar com nosso departamento comercial, estamos a sua disposição