03/12/2021 às 14h54min - Atualizada em 03/12/2021 às 14h54min

Postos de saúde abrem neste sábado para exames de HIV, sífilis e hepatites

Ação especial em Araraquara envolve 35 unidade de saúde das 8h às 13h

Comemorado em 1º de dezembro, o Dia Mundial de Luta Contra a Aids terá mais uma ação de prevenção realizada em Araraquara. Neste sábado (04), os 35 postos de saúde da cidade funcionarão das 08 às 13 horas, exclusivamente para testagem rápida de HIV, sífilis e hepatites B e C.

A coordenadora do Programa Municipal de DST/Aids de Araraquara, Saliane Ribeiro, falou sobre a relevância da ação. "A importância dessa ação é que estamos fazendo uma busca ativa dessas infecções. Estamos buscando aquele paciente que às vezes é portador e não sabe. Muitas vezes, por falta de tempo, pelo trabalho ou por dificuldades de se locomover durante a semana, essas pessoas acabam não indo até as unidades para realizar o exame, por isso abriremos os postos para favorecer essas pessoas", explicou.

Saliane mencionou as profissionais que colocaram a ideia em prática. "Foi uma iniciativa da Secretaria de Saúde, da nossa secretária Eliana Honain, da Dra. Talita, nossa coordenadora de Atenção Básica, e das enfermeiras Nathalia Thomazin Rios, que é coordenadora de Enfermagem do município, e a enfermeira Glaucia Helena de Andrade Macedo Falcoski, que é coordenadora dos CMSs [Centros Municipais de Saúde]. Também é uma iniciativa do CTA [Centro de Testagem e Aconselhamento]. Nossa gratidão a essas pessoas", enalteceu.

O Dia Mundial de Luta Contra a Aids em Araraquara também contou com um evento realizado no Paço Municipal, que contou com testagem rápida de HIV e sífilis, aferição de pressão arterial e glicemia, aconselhamento, mini-palestras e entrega de preservativos e materiais educativos. Na ocasião, foi feito o  pré-lançamento da PREP (Profilaxia Pré-Exposição) pelo CTA/IST/AIDS de Araraquara e o lançamento do projeto "Close na Prevenção".

Embora a Aids não tenha cura, o tratamento – totalmente gratuito – é uma forma efetiva de melhorar a qualidade de vida das pessoas afetadas e quebrar a cadeia de transmissão do vírus.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »