06/01/2022 às 15h54min - Atualizada em 06/01/2022 às 15h54min

Hospital de Campanha vai virar um centro de testagem em Araraquara

Local deve reabrir na segunda-feira, mas não para internações

Edinho Silva anunciou na tarde desta quinta-feira (6) que vai reabrir o Hospital de Solidariedade, o hospital de campanha. No entanto, o local não receberá internações, pois funcionará como um centro de testagem de pacientes contra a Covid-19. O anúncio foi feito por meio das redes sociais do prefeito de Araraquara. 

"Por conta da Ômicron, Prefeitura reabre Hospital de Campanha", destacou. Durante o anúncio, Edinho Silva comentou sobre os efeitos causados pela variante ômicron na cidade, que vive um crescimento dos casos da Covid-19. "Nós estamos em uma curva [de contaminação] muito forte. As nossas unidades estão, todas elas, sobrecarregadas. Nós ampliamos as nossas unidades e mesmo assim elas estão sobrecarregadas", comentou.

O prefeito também lembrou que a quantidade de testagem diária na Praça Santa Cruz passou de 150 para 600, porém, de acordo com ele, o espaço também acabou ficando sobrecarregado nesta quinta-feira (6). "Nós temos feito reuniões constantes. [...] Mais uma vez, a prefeitura praticamente parou para enfrentar a pandemia", disse Edinho.


O Hospital de Campanha não vai reabrir para internações, pois conforme esclareceu Edinho, a quantidade de internações é baixa. O local servirá como um "centro de testagem" por conta da estrutura, que está pronta. "Vamos trabalhar muito nesse final de semana para que na segunda-feira o Hospital de Campanha já esteja estruturado", salientou Edinho Silva. O prefeito assegurou que o espaço terá capacidade de testar milhares de pacientes por dia. 

Com a curva de contaminação em alta, a prefeitura de Araraquara entende que ainda mais pessoas vão procurar as unidades para fazer a testagem contra a Covid-19. Ele também falou sobre a demora de atendimento nas unidades de saúde da cidade. "Tá demorando [o atendimento] porque, como nós haviamos recuado na contaminação, o Brasil inteiro diminui a sua estrutura da pandemia porque ela estava sob controle". 

Com a alta demanda de pacientes, o prefeito pediu respeito aos profissionais de Saúde de Araraquara, visto que muitos deixam a oportunidade de ir para casa de lado para atender um horário e até dobrar. 

Vale lembrar que o Hospital de Solidariedade foi desativado pela prefeitura de Araraquara justamente por conta da queda nos índices de internação. Com isso, houve uma redução de leitos na Morada do Sol. Apesar disso, a estrutura foi mantida e agora será aproveitada para o funcionamento de um centro de testagens contra a Covid-19, tendo em vista a demanda por exames e atendimento nas unidades de saúde. 



Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »