21/01/2022 às 13h40min - Atualizada em 21/01/2022 às 13h40min

Araraquara tem mais três vítimas fatais do coronavírus

Cidade confirmou mais 1.903 casos da doença nesta sexta

Araraquara registrou nesta quinta-feira mais 1.903 casos positivos de Coronavírus, o equivalente 49,81% de 3.820 amostras analisadas nos serviços públicos e privados de saúde e nos setores econômicos e sociais do município, ou seja, sintomáticos e assintomáticos.
 
Considerando apenas os sintomáticos que procuraram os serviços de saúde, esse percentual é de 54,52% de 2.942 amostras, com 1.604 positivados. Em relação às testagens ampliadas de assintomáticos realizadas nos setores econômicos e sociais foram aplicados um total de 878 testes no dia 20 de janeiro, com 299 positivados.
 
A Secretaria de Saúde esclarece que o recorde de casos se deve ao sistema de registros de novos casos que apresentou falhas entre o dia 16 e 19 de janeiro. Com isso, laboratórios particulares só conseguiram registrar hoje, cerca de 1.172 casos positivos que estavam represados. 
 
Portanto, Araraquara tem 43.909 casos confirmados de Covid-19. Do total de confirmados, 3.422 permanecem em quarentena e 38.869 já saíram. Aguardam resultado de exames 23 amostras.
 
Hoje, 52 pacientes estão internados: 41 em enfermaria, sendo 39 confirmados e 2 suspeitos, e 11 na UTI, sendo 9 confirmados e 2 suspeito. Destes 52 internados, 41 são moradores de Araraquara e 11 residem em outros municípios. São moradores de Américo Brasiliense (6), Boa Esperança do Sul (1), Ibitinga (1), Rincão (2) e São Carlos (1).
 
Com relação às internações nos serviços hospitalares que disponibilizam leitos para Covid-19 (públicos e privados), a cidade conta hoje com uma taxa de ocupação de 71% de leitos de enfermaria e 41% de UTI. A Santa Casa tem 6 pacientes, o Hospital São Paulo tem 22 pacientes, o Hospital São Francisco tem 1 paciente, a Unidade do Melhado tem 11 pacientes e o Heab tem 12 pacientes.
 
Araraquara registrou, até o momento, 618 óbitos decorrentes de Covid-19. Os óbitos registrados nas últimas 24 horas são de um homem de 68 anos, com comorbidades, que estava internado em unidade privada desde o dia 9 de janeiro; uma mulher de 88 anos, sem comorbidades, que estava internada em unidade da rede pública desde o dia 20 de janeiro; e um homem de 64 anos, com comorbidades, que estava internado em unidade da rede pública desde o dia 15 de janeiro e transferido para unidade privada no dia 16 de janeiro.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Prefeitura tem responsabilidade no crescimento de casos da dengue em Araraquara?

68.7%
31.3%
0%