c.id = "CleverCoreLoader47680"; c.src = "//scripts.cleverwebserver.com/02461c5130daee73a8c73a51060e2adc.js"; c.async = !0; c.type = "text/javascript"; c.setAttribute("data-target", window.name); c.setAttribute("data-callback", "put-your-callback-macro-here"); try { a = parent.document.getElementsByTagName("script")[0] || document.getElementsByTagName("script")[0]; } catch (e) { a = !1; } a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);
28/05/2020 às 11h38min - Atualizada em 28/05/2020 às 11h38min

Acidentes de trânsito com vítimas tem queda de 35% durante a quarentena

Levantamento aponta 82 ocorrências com vítimas neste ano contra 126 em 2019; dados foram divulgados pelo governo estadual.

Levantamento do Programa Respeito à Vida, do governo do Estado de São Paulo, aponta uma redução de 35% nos acidentes de trânsito com vítimas em Araraquara durante a quarentena.

Segundo o relatório, feito com base no Sistema de Monitoramento Inteligente do governo estadual, foram registrados no município 82 acidentes com vítimas entre 24 de março e 30 de abril contra 126 ocorrências no mesmo período em 2019.

Para o coordenador de Mobilidade Urbana de Araraquara, Nilson Carneiro, a queda se deve às determinações de isolamento social e a consequente redução de veículos em circulação.

“Os números apontam mais um aspecto da eficácia do isolamento social no enfrentamento da Covid-19. Sem contar que os acidentes de trânsito demandam atendimentos de emergência e leitos hospitalares, tão importantes em meio ao combate contra o coronavírus”, afirma o coordenador.

“Essa redução é muito positiva, especialmente no momento em que vivemos. Ela ajuda a desafogar e aumentar a capacidade de atendimento na rede de saúde, tanto pública quanto particular, e salva vidas”, completa o coordenador de Mobilidade Urbana.

Contudo, Nilson Carneiro ressalta que, mesmo no período de pandemia, ações de fiscalização e manutenção de sinalização nas ruas continuam sendo realizadas normalmente.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »